falha de privacidade na versão web do WhatsApp

falha de privacidade na versão web do WhatsApp  Uma falha de privacidade na versão web do WhatsApp foi descoberta por um jovem de 17 anos. As fotos do perfil do usuário, segundo o pesquisador Indrajeet Bhuyan, podem ser vistas por qualquer pessoa –mesmo se o app estiver configurado para mostrá-las apenas para os contatos estabelecidos.

As configurações de privacidade no aplicativo móvel, como apontou o especialista em segurança da informação, não teriam sido transitadas para a sua versão web, lançada no último dia 21 de janeiro e disponível no navegador Chrome, do Google.

Não há indícios, no entanto, de que as mensagens dos usuários também possam ser expostas. O problema, a princípio, foi identificado exclusivamente no armazenamento das imagens.

O jovem pesquisador também descobriu que fotos excluídas ainda podem ser visualizadas através da web, mesmo que apareçam “turvas” quando acessadas na versão móvel do aplicativo. Este problema aparentemente é decorrente de falhas na sincronização das funcionalidades.

“Claro, não é a mais grave violação de privacidade, mas ela existe e ponto”, disse o especialista em segurança Graham Cluley em seu blog . “O fato é que os usuários do WhatsApp optaram por manter as suas fotos de perfil privadas e a expectativa é de que WhatsApp honre suas escolhas e só permita que essas imagens sejam vista por quem for autorizado.”

Cluley fez dois vídeos (em inglês) para mostrar as falhas identificadas por ele naprivacidade das imagens e na sincronia entre as duas versões do aplicativo.

 

Edição: Veja Timon

Via: UOL

Comentar via FaceBook

Comentários

Deixe uma resposta