Falta de sinalização e fiscalização atrapalham trânsito em Timon

Falta de sinalização e fiscalização atrapalham trânsito em Timon  Que é preciso atenção à sinalização de trânsito para evitar acidentes, todo mundo sabe. Mas o que fazer quando não há sinalização adequada? A equipe do Veja Timon constatou que em frente á Rodoviária e grande parte da cidade é inexistente a sinalização vertical.

Um risco para os pedestres que são obrigados a andar em meios aos carros e motos que se localizam no local onde deveria existir a faixa de pedestre.

Mas a reclamação não só ocorre de quem precisa atravessar a via. Segundo comerciantes e empresários, é comum ver a falta de desrespeito e imprudência dos condutores de veículos. Para a comerciante Lucília que trabalha há muitos anos em uma loja localizada na esquina do cruzamento, muitas vezes é preciso indicar a quem faz o trajeto da via, ensinando quais as vias corretas. “Os clientes do banco ali na frente estacionam desde a frente aqui da loja como também até lá em frente ao banco e não existe um fiscal para orientar, tirar, rebocar ou muito menos multar.” – pontua.

Leia também:

Os empresários também reclamam que é preciso maior organização por parte da prefeitura, pois todos acabam tendo prejuízo por conta da falta de sinalização ou mesmo de alguém que possa fiscalizar as irregularidades. “A falta de fiscalização é enorme. Não adianta criar vias, sinalizar se também não existe no mínimo uma pessoa responsável para punir quem comete os erros.”, pontua Ivanildo, empresário da região.

 

Falta de sinalização e fiscalização atrapalham trânsito em Timon
Motociclistas em cima de onde deveria ser uma faixa de pedestre.

DMTRANS

Para o Gerente de Fiscalização de Trânsito da DMTRANS (Departamento Municipal de Transito), Rodolfo Neto, assim que concluída os trâmites da licitação para retomar a sinalização de pontos em Timon. Ainda segundo ele é preciso que espere o termino de implantação asfáltica para se colocar a sinalização necessária. “Estamos esperando somente a finalização do processo de licitação para que a SINAVIA retornar os serviços de sinalização.”

Para o gerente, o trabalho do Departamento de Trânsito está sendo bem avaliados pela população, os infratores que não colaboram. “Já fizemos inúmeras entregas de panfletos referente à conscientização do trânsito, notificações de veículos que tem placas de proibido estacionar, de veículos que sobem numa contramão toda sinalizada. Hoje não adianta mais fazer educação no trânsito aqui.Os condutores não querem ajudar”. Finaliza.

Ainda em conversa com os fiscais que estavam presente no local a falta de pessoal torna a fiscalização menos eficiente, ainda sobre o assunto, ele nos informa que em breve será feito um concurso público para aumentar o numero de pessoas efetivas no setor que cada vez mais vem sendo prejudicado, pois não é de hoje o problema na região, até por conta da BR 316 que corta a cidade e deixa o trânsito cada vez mais caótico sem alternativas para a população.

 

Fonte: Veja Timon

Por Pedro Santiago

Comentar via FaceBook

Comentários

Deixe uma resposta