Juiz de Paço do Lumiar recusa verba extra e devolve valores considerados ‘indevidos’

O juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, titular da 2ª Vara do Termo Judiciário de Paço do Lumiar, decidiu devolver à Justiça os valores que recebia a mais enquanto foi privilegiado.

O juiz protocolou a decisão por meio de um ofício no qual solicita a Justiça que “seja efetuado o desconto em folha do equivalente a 4% (quatro por cento) do seu subsídio, mensalmente, para efeito de devolução dos valores que compreende percebidos de forma indevida”.

Juiz de Paço do Lumiar recusa verba extra e devolve valores considerados ‘indevidos’

Em 2017 o juiz já havia renunciado aos auxílios à moradia, saúde, alimentação e livros, o que foi acertadamente acatado pela Justiça.

Com informações: G1 Maranhão

Edição: Rogério Sabóia

Comentar via FaceBook

Comentários

Deixe uma resposta