Papa Francisco alerta segurança do Vaticano

Papa Francisco alerta segurança do Vaticano
Papa Francisco

O papa Francisco fez um alerta, nesta quinta-feira, às autoridades italianas responsáveis pela segurança do Vaticano, no momento em que a Europa se mantém em vigilância frente à possibilidade de atentados.

Em um discurso às autoridades e aos agentes encarregados da segurança do Vaticano, o papa argentino lembrou-lhes que sua tarefa é “vigiar e controlar lugares importantes para a fé e para a vida de milhões de peregrinos”.

Durante seu tradicional discurso por ocasião do novo ano, Francisco admitiu que, “no horizonte, vemos sombras e perigos que preocupam a humanidade”. Ele os convidou, porém, “a não perderem a esperança” e a se tornaram ponto de referência para as centenas de fiéis e de turistas visitam o Vaticano diariamente.

“Que todo mundo possa se sentir ajudado e protegido por sua presença e por seu cuidado”, pediu. Sem confirmar se recebeu ameaças diretas de grupos radicais islâmicos, o pontífice pediu aos agentes que trabalham em colaboração com a Guarda Suíça na vigilância do Vaticano que “não desanimem” diante do que possa acontecer.

Em declaração à imprensa durante o voo de regresso do Sri Lanka e das Filipinas, Francisco disse que “não tem medo de morrer” em um atentado e que o que mais o preocupa são os fiéis. Após o ataque em 7 de janeiro ao jornal satírico francês “Charlie Hebdo”, o governo italiano decidiu reforçar a vigilância de alvos sensíveis, entre eles a sede de vários jornais e as entradas para o Vaticano. Além disso, anunciou que também prepara normas contra o terrorismo.

 

Edição: Veja Timon

Imagem: Internet

Comentar via FaceBook

Comentários

Deixe uma resposta