Brasil

O curso mais procurado no ProUni é Administração

imagens-simulados-provas  Até agora, administração é o curso mais procurado no Programa Universidade para Todos (ProUni). Segundo o Ministério da Educação, até as 18h desta quarta-feira (28), administração recebeu 230.657 inscrições. Em seguida aparecem os cursos de direito, com 208.095 inscrições; pedagogia, com 119.214; e, engenharia civil, com 115.544.

Ao todo, o programa, que seleciona estudantes para bolsas de ensino em instituições privadas, registrou 1.196.340 inscritos. São Paulo lidera com 214.808 candidatos, seguido por Minas Gerais (156.665), Rio de Janeiro (84.593) e Bahia ( 84.131).

As inscrições terminam amanhã (29) e podem ser feitas na página do ProUni. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 2 de fevereiro. Quem se inscreveu no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) também pode participar do ProUni.

Neste ano, serão ofertadas 213.113 bolsas – 135.616 integrais e 77.497 parciais. As bolsas serão para 30.549 cursos, em 1.117 instituições de ensino superior privadas.

Podem concorrer às bolsas estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral. É preciso comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser de até três salários mínimos.

Para se inscrever, o candidato deve ter participado do Enem de 2014 e obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado zero na redação. Outra condição é que ainda não tenha diploma de curso superior.

Professores do quadro permanente da rede pública de ensino que concorrerem a cursos de licenciatura também podem participar do ProUni. Nesse caso, não é necessário comprovar a renda.

Veja os cursos mais procurados no ProUni:

1. Administração – 230.657
2. Direito  – 208.095
3. Pedagogia  – 119.214
4. Engenharia civil  – 115.544
5. Ciências contábeis – 107.779
6. Psicologia – 95.394
7. Enfermagem – 93.161
8. Educação física – 91.158
9. Fisioterapia – 70.922
10. Serviço Social- 65.186

 

Edição: Veja Timon

Via: Agência Brasil

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.