Padre Paulo Ricardo chama gays de “anormais”

spot_img
Compartilhe:

padre-paulo-ricardo-cancaonova-gays-polemicas  Uma palestra exibida na TV Canção Nova, canal pertencente à comunidade católica Canção Nova, na última sexta-feira (9) e reprisada na manhã deste domingo (11), causou muita polêmica nas redes sociais, gerando controvérsia.

O padre Paulo Ricardo, um dos principais nomes da comunidade, ministrou uma palestra em um dos inúmeros acampamentos de fé e as declarações do religioso chocaram muitos nas redes sociais.

Na palestra nominada “O verdadeiro amor promete o infinito”, o padre disse que homossexuais são pessoas anormais, comparando as relações dos gays com pedofilia. Em todo o discurso, o padre defendeu a crença de que pessoas do mesmo sexo não podem ficar juntos: “Seleção natural não faz isso. Você acreditar que um animal vai se criar com alguém do mesmo sexo? Cientificamente é impossível. Como é que duas pessoas com a mesma chave vão fazer isso? Quem é homem, levanta a mão. Quem tem dúvida, não precisa levantar e não levanta. E eu falo de você que pensa que aquilo (homossexuais) é normal. É anormal”.

Paulo Ricardo também comentou que, para ele, é um absurdo que um homem ou uma mulher use o seu corpo para obter prazer com pessoa do mesmo sexo: “Em mim, existe um aparelho reprodutor masculino, que não tem sentido nenhum. É absurdo usá-lo em um lugar que não seja o corpo feminino. O corpo da mulher seria absurdo se não existisse o corpo masculino. Esta é a realidade. E esta realidade significa vida. Quando estes dois órgãos se juntam, acontece o milagre da vida”.

Por fim, o padre comentou sobre o Carnaval e criticou as passistas de samba que desfilam nas escolas do Rio de Janeiro e em São Paulo, chamando-as de “energuminas”, “idiotas”, “possessas” e “imbecis”: “Daqui a pouco, vamos ter no Brasil um tal de carnaval. Vai ter aquelas mulheres, vestidas de tinta, se requebrando como energuminas, como idiotas, possessas, imbecis. Ai você vai olhar para ela e dizer: ‘Nossa, que QI elevado. Que virtude! Sempre quis ter uma mãe assim’. Não é, né? Quando você mostra o corpo, você esconde a alma. Esse seu corpo não vai durar muito tempo”.

Para encerrar a palestra, o religioso deixa claro sobre sua visão da união de pessoas do mesmo sexo: “Viva o amor. Viva esta aliança de sangue, com sua parceira, e não com um parceiro, porque isso é anormal. Fiquem com Deus!”.

 

Edição Veja Timon

Via: “NT”

 

Compartilhe:
Veja Timonhttps://www.vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Cego em tiroteio: Weverton Rocha grava vídeo ao lado de Queiroga e inspirado na imagem de Bolsonaro

Preterido por Flávio Dino na eleição estadual, o senador Weverton gravou um vídeo com Marcelo Queiroga e com um quadro de Bolsonaro ao fundo O...

Câmara entrega título de cidadania ao empresário Ilson Mateus em cerimônia bastante prestigiada

A homenagem ao empresário foi proposta pelo vereador Uilma Resende, presidente da Casa, e foi aprovada por unanimidade por todos os parlamentares. Na noite da...

Socorro Waquim pontua trabalho de suas gestões nos empreendimentos que se instalam em Timon

Signatária do projeto de lei aprovado em 2019, que concedeu Titulo de Cidadão Timonense ao bilionário Ilson Mateus, dono do conglomerado de lojas Grupo...