Blog do RibinhaGeral

Administração de Dinair Veloso começa a sofrer as primeiras denúncias de favorecimento

Empresários que ganham licitações têm sofrido pressões para "agradar" um gestor

Quando o ex-prefeito Luciano Leitoa, de Timon, abriu o verbo num grupo de whatsapp para dizer que a prefeita Dinair Veloso, sua sucessora, estava desmoralizada, é claro, que seu mentor intelectual e político não se referia as sinônimos fortes que têm a etimologia da palavra com todos os seus sinônimos para definir a situação da companheira de partido, mas o ex-prefeito se referia ao momento politico e administrativo em que viva a gestão de Dinair naquele período de sua verberação no grupo, para que ele se fizesse entender dentro do contexto do qual defende como administrar uma cidade.

Pois bem, diante da fala do ex-prefeito Luciano Leitoa, inclusive quando ele cita textualmente, que aliados se locupletam dos cargos e do poder para tirar proveito próprio: comprar carros, casas e mansões, informam ao blog que dentro desse contexto pelo menos um dos novos administradores da nova gestão tem se enquadrado, pois o rapaz está envolvido em pressões a empresários e representantes de empresas que participam e ganham licitações no governo municipal.

Não é preciso dizer aqui que tipo de pressão é exercida, mas pelo texto do ex-prefeito pode se imaginar que ninguém com salário de 6 mil reais por mês, em pouco mais de três meses, consegue comprar casas de alto padrão e valor comercial. Só se para isso o valor da prestação do negócio for igual ao valor que recebe por mês. Se a negociação for assim, pode ser verdade o que me contou um empresário que ganhou recente licitação de milhões de reais, mas que terá que “fazer um agrado” ao novo administrador de uma das pastas da gestão municipal.

Esse por fora, fruto de propina é comum, mas não é benéfico para as gestões saudáveis e acima de tudo é corrupção.

O bicho vai pegar!!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.