Blog do RibinhaGeral

Águas de Timon pede desculpa aos consumidores por transtornos e poeira em obras de saneamento

Vereador Tuá, que saiu em defesa dos moradores e comerciantes afetados com a poeira, ironizou pedido

O local merece uma atenção da empresa. Muita poeira e lama causam transtornos e problemas para as pessoas

Em nota enviada ao blogdoribinha, a Aguas de Timon, empresa responsável pelas obras de saneamento básico, em Timon, pede desculpas pelos transtornos que as obras vem causando aos moradores e comerciantes e afirma que a obra terá um benefício a longo prazo.

O vereador Doutor Tuá, MDB, que ontem fez pronunciamento sobre o problema e cobrou providências da empresa para atenuar e minimizar os efeitos da poeira que está impedindo as atividades dos comerciantes onde as obras estão sendo realizadas, ironizou o pedido de desculpas da empresa afirmando que “a população não aceita pedido de desculpa, pois se fosse assim, sairia atropelando veículos nos estacionamentos da Câmara e depois ia pedir desculpas aos proprietários dos carros”, disse. “A empresa tem que solucionar o problema e parar com isso”, disse o vereador.

A Águas de Timon informa que realiza a implantação de cinco quilômetros de rede de esgoto na avenida Jaime Rios, marcando o início das obras de esgotamento sanitário no município. A concessionária começou os serviços em julho, trabalhando por trechos, de forma a reduzir os impactos ao tráfego e comércio da região.

No último final de semana, a empresa interditou um trecho de 100 metros, entre a avenida Piauí e a rua Jaime Rios. Equipes trabalharam em regime de plantão para concluir o serviço no menor tempo possível. Após a colocação da rede, foi realizada a preparação da base para reposição de asfalto e, então, a lavagem da área para minimizar a poeira na região.

A concessionária pede desculpas pelos transtornos temporários e reforça que os benefícios da obra serão a longo prazo, trazendo impactos positivos no desenvolvimento da cidade, com ganhos na saúde, qualidade de vida, economia, valorização imobiliária e preservação dos recursos naturais.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.