Geral

Autorizado requerimento para implantação de Píer flutuante na Avenida Maranhão

O projeto é estruturado com uma emenda parlamentar do senador Elmano Férrer ainda no ano passado.

Tempo de Leitura: 2 minutos

Ontem (6), a Prefeitura de Teresina e o Iate Clube de Teresina, assinaram ofício com requerimento para cessão de espaço físico em águas públicas para implantação do Píer flutuante da Avenida Maranhão.

Na ocasião, o documento foi assinado pelo Prefeito Dr. Pessoa. A partir de agora, a Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan), fará o encaminhamento para a Superintendência de Patrimônio da União em Piauí para a cessão definitiva do espaço. Serão anexados também documentos pertinentes a estruturação e legalização do projeto, como a planta da localização, memorial descritivo e etc.

“Nossa gestão é integrada e eu fico muito feliz em contribuir com esse projeto e poder proporcionar lazer e qualidade de vida para quem mora nesse região e aos demais teresinense. Um espaço que embelezará nossa cidade e trará, com certeza, mais integração ao nosso povo”, explicou Dr Pessoa.

“Ainda no mês de maio recebemos a equipe do Iate Clube para tratarmos desse projeto e seu andamento. Hoje concretizamos a autorização do prefeito Dr Pessoa e estamos felizes com o encaminhamento de mais uma obra para a cidade de Teresina”, disse João Henrique Sousa, Secretário Municipal de Planejamento.

O projeto é estruturado com uma emenda parlamentar do senador Elmano Férrer ainda no ano passado. No entanto, foi reprogramado devido às necessidades saúde diante da pandemia da COVID-19. No encontro, o senador foi representado pela economista Eleonora Sampaio. “Trata-se de uma estrutura náutica, de uso irrestrito de espaço pela população e um presente para a cidade e para a região aqui do empreendimento, o Iate Clube, um projeto que trará mais vida para essa região e um aproveitamento para o nosso precioso Rio. A proposta é de facilitar o embarque e desembarque de lanchas e jet sky à beira do Rio Parnaíba já que o clube é um ponto viável de turismo.”, explicou o comodoro Gilson Vasconcelos, que esteve junto aos diretores Tarcísio Freire, Thiago Salmito. Assessoria/PMT

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.