Blog do RibinhaGeral

Câmara de Timon realiza primeira audiência pública de 2021 para discutir a convocação de professores concursados

Ao todo ainda há 336 professores classificados no concurso público e que aguardam convocação.

Tempo de Leitura: 2 minutos

Na manhã desta sexta-feira, 22, a Câmara municipal de Timon realizou audiência pública para discutir a convocação de professores aprovados e classificados em concurso público realizado pela prefeitura de Timon em 2019. Após a primeira reunião da Câmara de Timon com a categoria, na segunda-feira, 18, a prefeitura realizou a convocação dos 168 aprovados, na última quarta-feira, 20. Ao todo ainda há 336 professores classificados no concurso público e que aguardam convocação.

O presidente da Câmara Municipal de Timon, vereador Uilma Resende classificou como muito positiva a realização da audiência pública e destacou que os professores estão lutando por seus direitos e que por isso têm o apoio da Câmara de Timon.

“A discussão de hoje foi feita para ouvirmos as partes e tentarmos entrar em consenso e para isso a Câmara fez um encaminhamento que é para que a prefeitura garanta a convocação dos 336 professores classificados, para que sejam convocados até o final da validade do concurso, sendo 112 convocados por ano, e para isso a Câmara se compromete a colocar no orçamento de cada ano a previsão de contratação dos mesmos”, destacou Uilma Resende.

A advogada e professora Lina Brandão, que representa a comissão de professores ressaltou que a audiência pública foi importante mas os professores cobram da secretaria de Educação e da prefeitura de Timon que formalize um prazo ou um cronograma para a convocação dos professores classificados. A advogada também afirma que a prefeitura de Timon está preterindo os professores classificados no concurso para fazer a contratação de celetistas, por meio de processo seletivo, onde o único processo de avaliação é a análise de currículo.

“Vamos aguardar a resposta da prefeita com relação à proposta que foi apresentada pelo presidente da Câmara, que deu um prazo, ele vai enviar a ata dessa audiência pública, e após essa resposta dela e já adianto que nós iremos judicializar, tanto dentro de uma ação civil pública ou de um mandado de segurança coletivo. Iremos também acionar a prefeitura de Timon com relação a alguns outros pontos de relevância à lei criminal. Nós nos municiamos de todas as provas e há indícios suficientes de que está havendo uma preterição dos classificados para colocar celetistas”, pontuou Lina Brandão.

O secretário municipal de Educação, Samuel Sousa Silva, afirmou que a audiência foi muito válida e destacou a importância da luta da categoria por seus direitos. “É muito importante que os professores estejam reivindicando seus direitos, suas necessidades, mas assim, a primeira etapa do concurso público já foi cumprida, que é a convocação dos aprovados, em todos os concursos públicos sempre fica uma lista de classificados em espera para o surgimento de novas vagas para serem convocados e é isso que nós acordamos, que durante a vigência do concurso, as vagas que forem surgindo vão sendo convocadas e a gente acredita que até o final da vigência todos os classificados serão convocados”. Ascom Câmara.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.