Blog do RibinhaGeral

Contrato de viaturas do “Patrulha do Bairro” está cercado de irregularidades

Relatório da Comissão de Trabalho da Câmara aponta supostas irregularidades em todo processo

Está  cercado de supostas irregularidades cometidas dentro do processo licitatório o contrato das 10 viaturas do Patrulha do Bairro, que já deveriam estar nas ruas de Timon, mas que, de outubro, dia da entrega oficial, para cá, passaram dias em Teresina, depois foram encostadas no pátio da Superintendência da Limpeza e agora seu paradeiro é ignorado.

Modelo e marca do veículo foi entregue antes de ser licitado: direcionamento e vício na licitação

As irregularidades iniciam-se exatamente pelas mãos do prefeito Luciano Leitoa, que no dia 24 de outubro do ano passado fez a entrega das viaturas ao comando da PM do Maranhão, em solenidade em frente ao prédio sede da Prefeitura, com a presença dos comandantes da PM de Timon e do Maranhão, do deputado Othelino Neto, presidente da ALEMA e do primo do prefeito o deputado Rafael Leitoa, líder o governo Dino na assembleia, além de outras autoridades. (Prefeitura entrega 10 viaturas para PM atuar no Patrulha do Bairro).

Na oportunidade, foram apresentados e entregues à sociedade veículos da marca Renault Duster, que mais tarde, em processo licitatório direcionado e viciado foram confirmados marca e modelo em licitação ganha pela empresa Sousa Campelo, que tem vários contratos com órgão distintos dentro da gestão para a locação de veículos.

Resenha do contrato assinado no último dia 13.

De acordo com levantamento feito pelo blog, após a entrega das viaturas no dia 24 de outubro, o processo licitatório foi iniciado somente no dia 06/11/2019 com sua abertura. Em 13 de janeiro deste ano foi assinado e no dia 20 deste mês o extrato foi publicado, portanto, todo o trâmite é eivado de irregularidades.

Todo processo, a partir dos fatos relatados pelo blog acima, constam em relatório que a Comissão de Trabalho na Câmara, presidida pelo vereador Raimundo da Ração vem analisando e que deverá ser encaminhado ao Ministério Público para abertura de procedimento com o objetivo de apuração documental dos fatos. (Raimundo da Ração diz que viaturas “encostadas” causam prejuízo de 69 mil por mês ao contribuinte)

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.