GeralTeresina

Deputada destina emenda para aquisição de ambulância para o SAMU de Teresina

Ao todo serão destinados R$ 290 mil para a estruturação de unidades de Atenção Especializada em Saúde, junto ao Ministério da Saúde.

Teresina ganhará uma nova ambulância para atender o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A aquisição do equipamento vai acontecer por meio de recursos destinados via emenda parlamentar da deputada federal Marina Santos, que informou o encaminhamento ao prefeito Firmino Filho.

Ao todo serão destinados R$ 290 mil para a estruturação de unidades de Atenção Especializada em Saúde, junto ao Ministério da Saúde. A emenda é impositiva e foi alocada junto ao Orçamento Geral da União. O prefeito Firmino Filho comemorou a notícia. “Teresina tem uma demanda significativa na saúde. O SAMU presta um atendimento emergencial que salva muitas vidas diariamente e, tenho certeza que, com esse reforço com uma nova ambulância poderemos atender mais e melhor os usuários. Por isso, só temos a agradecer a deputada pela sensibilidade na destinação de suas emendas”, comentou.

A população pode ligar para o número 192 do SAMU em casos de urgências clínicas, obstétricas, traumáticas e psiquiátricas. O primeiro contato é com telefonistas e, em seguida, a ligação é repassada para médicos, que podem fazer apenas orientações ou liberar motolâncias e ambulâncias de suporte básico ou avançado ao local.

O SAMU de Teresina conta, atualmente, com oito ambulâncias de suporte básico, três de suporte avançado e ainda quatro motolâncias, para agilizar ainda mais os atendimentos enquanto as ambulâncias se deslocam ao local das ocorrências. Por mês, o Serviço recebe cerca de 3.500 solicitações de atendimentos e realizada, em média, 3.200 atendimentos. No ano passado, o SAMU da capital completou 15 anos em atividade, registrando a marca de mais de 870 mil atendimentos. O SAMU de Teresina foi também o primeiro do Brasil a implantar o Núcleo de Segurança do Paciente e o pioneiro no Nordeste a criar projeto de Libras.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.