Blog do RibinhaGeral

Em post no Instagram, irmã da Prefeita Dinair diz que não vai trair Chico Leitoa

Suely desmente comentários sobre possível candidatura em 2022

Em post no Instagram, a secretária Chefe de Gabinete da Prefeita Dinair Veloso, Sueli Capuama fala sobre comentários na cidade dando conta de uma possível candidatura sua em 2022. Posando ao lado do ex-prefeito Chico Leitoa, Capuama, que é irmã da prefeita, diz textualmente que: “para mim, lealdade, fidelidade e gratidão são como palavra de ondem. Deixo claro que não sou candidata nas eleições do ano que vem e reafirmo meu compromisso e meu empenho na campanha do meu grande líder e amigo Chico Leitoa a quem sou muito grata. Não compactuo com nenhum tipo de traição, e segue a irmã da prefeita apontando suas qualidades.

Desde que deixou a Prefeitura de Timon, em 2004, Chico Leitoa, vem respondendo a uma série de processos por desvio, irregularidades e sofreu algumas condenações por improbidade administrativa. Há 12 anos, Chico Leitoa chegou a assumir cargo no Governo Jackson Lago como diretor do Deint e o cargo de deputado numa polêmica e conturbada posse.

De lá para cá, o ex-prefeito foi alvo Ministério Público que entrou com pedidos de cumprimento de sentença que tornaram o ex-prefeito inelegível e sem o exercício de cargo público e entrando para lista dos políticos “fichas sujas” do Brasil, no Maranhão”. Em 2019, ele assumiu o cargo de assessor especial do senador Weverton Rocha.  Este ano, Chico Leitoa vislumbra com uma possível candidatura a deputado estadual, como forma também de barrar a candidatura à reeleição de seu sobrinho Rafael Leitoa, que rompeu com o grupo famíliar e segue em carreira solo na política sem apoio do tio e do primo Luciano Leitoa, ambos ex-prefeitos da cidade.

O blogdoribinha já tinha ouvido falar na possibilidade de Sueli Capuama, além de outros nomes, saírem como candidatos em 2022 com apoio da prefeita Dinair e seu grupo famíliar de Matões, mas entendia ser improvável que isso viesse acontecer, mesmo porque os Leitoas não conseguiriam sub–existir a segundo rompimento dentro das hostes governamentais.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.