Geral

Enfermeira Teresinha Cruz morre vítima de infarto

A enfermeira testou negativo para covid 19, mas teve complicações coronarianas

 

 

Aatualizada:

O jornalista diz no texto que a enfermeira Teresinha Cruz era viúva, mas na verdade seu esposa Oziel Cruz está vivo e, agora viúvo. Com desculpas à família e aos leitores pela informação equivocada.

Faleceu ontem, 19, vítima de infarto, Teresinha Gomes Cruz, que atualmente trabalhava como enfermeira na cidade de Pedreiras, sua terra natal. Por oito anos, Teresinha Cruz prestou serviços como enfermeira na Prefeitura de Timon durante a gestão da ex-prefeita Socorro Waquim, que ao comunicar o fato ao blog, se mostrou ainda consternada com a prematura perda de “uma mulher devotada para sua profissão, mãe dedicada e com missão ministerial dentro da fé católica como ministra da eucaristia na Igreja de Santo Antonio, centro de Timon”, disse a Professora Socorro Waquim.

Segundo informações colhidas pelo blog, Teresinha cruz de 61 anos, sentiu-se mal na cidade de Pedreiras e ao procurar médico especialista, em Teresina, foi encaminhada para um cardiologista, mas foi acometida de um infarto não resistindo.

Ainda segundo informações, seu pai havia falecido recentemente vítima de covid 19 e suas irmãs também estariam infectadas, mas seu diagnóstico de morte não é de coronavírus, pois a mesma foi submetida a exames que deram negativo para covid-19.

Dona Teresina era mãe de Ozaelma Cruz, que também foi funcionária da Prefeitura de Timon servindo como chefe de gabinete do então Chefe da Defensoria Pública Municipal Nicolau Waquim. Viúva, Teresinha ela nora do vereador Ricardo, que militou há anos na política de Timon.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.