Escola feita em 20 dias substituirá unidades de taipa no MA

spot_img
Compartilhe:

escolas-de-taipa-substituidas-por-outras-escolas-em-melhores-condicoes-no-maranhao  Um modelo de escola pré-moldada, construída em 20 dias e a baixo custo está sendo apontada como a solução de um município maranhense para pôr fim às escolas feitas de taipa em Rosário (a 67 km de São Luís).

Segundo o Censo Escolar 2014, existem 1.090 escolas de taipa, barro ou improvisadas no Maranhão. É o maior número entre todos os Estados.

A criação das escolas moldadas foi uma ideia do secretário municipal de Educação, Joaquim Francisco de Sousa Neto. Ele conta que o custo de cada escola nesse novo modelo é de R$ 35 mil. No município existem cinco escolas de taipa, e quatro delas serão substituídas por pre-moldados nos próximos dias.

A escola é feita de cimento pré-moldado, constituída de uma sala de aula e de um outro prédio com refeitório e banheiro. Ela tem capacidade para até 25 alunos. “Nós temos escolas de taipa que têm quatro, seis, oitos e no máximo 20 alunos. Elas são multisseriadas, essa é uma realidade rural do Nordeste, não há como dividir em grupos turmas tão pequenas, com duas, três pessoas”, afirmou.

Uma das novidades da escola é o controle de temperatura, já que a telha é ecológica e possui um exaustor eólico na parte central do teto, que evita maior temperatura dentro da sala.

Neto diz que fez o projeto foi feito junto com um amigo, com base num processo de engenharia já conhecido. “É feita uma fôrma. Depois, nós produzimos as placas e as colunas, tudo em concreto. As placas são feitas em um local que chamamos fábrica de escolas. Ela é fácil de montar, fácil de transportar, e custa um preço que é bem inferior ao preço de uma escola convencional”, disse.

Primeira escola

A primeira escola já foi montada e está em exposição na praça central da cidade. Ela será levada em breve para substituir a escola do povoado de Centrinho, onde estudam 15 alunos.

“A escola não têm nenhuma peça que não possa ser carregada por dois homens. Ela pode ser transportada em carroça, carro de boi, trator, barco, canoa. O transporte é possível por áreas onde os caminhões não podem entrar”, contou.

A ideia já ganhou fama e está atraindo outra prefeituras do Estado. “Hoje [quarta-feira, 22] mesmo recebi a visita do prefeito da cidade de Penalva. Lá existem 23 escolas de taipa, e ele quer substituir todas por escolas moduladas”, disse.

 

Edição: Veja Timon

Via: UOL

Compartilhe:
Veja Timonhttps://www.vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

A partir desta segunda (06), novas ruas do centro recebem obras de esgotamento sanitário

Mais de 25 mil metros de rede de esgoto já foram instalados As obras do programa Timon Saneada 2, que colocarão o município de Timon...

Câmara de Timon: Resumo das matérias aprovadas na sessão desta segunda-feira (06/12)

Os parlamentares aprovaram duas homenagens: um título de cidadania e a concessão da insígnia Flores. Durante a 2018ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Timon,...

Deputada Socorro anuncia Fábio Macedo como seu candidato a deputado federal

O anúncio oficial foi feito durante se aniversário, ontem, 05, na presença do vice-governador Carlos Brandão. Foi durante a festa de seu aniversário e com...