Blog do RibinhaGeral

Está difícil de acreditar nos números das pesquisas em Timon. Cada dia aparece dados diferentes

A pesquisa "Exata" foi realizada há 15 dias e não foi divulgado percentuais de indecisos, brancos e nulos

Mais uma vez outra pesquisa gera repercussão negativa e os números divulgados são questionados sobre sua veracidade. Na verdade, há tempos as pesquisas deixaram de ser levantamento de dados sérios que fazem parte do processo eleitoral para ajudar os eleitores a decidir em quem votar, de acordo com os números, mas passaram a ser modus operandi de candidatos que se lançam sozinho em campanhas eleitorais fazem pesquisas desde então, sempre se colocando em primeiro lugar ou na liderança, mas que durante a campanha começam a perder apoios, desidratam, perdem votos e ficam manipulando os dados para continuar em primeiro na tentativa de ganhar a eleição a qualquer custo, o que no geral, e as eleições passadas e seus resultados dizem que essa tática de manipulação nunca dar certo no dia da votação.

Na última pesquisa divulgada, por exemplo, um instituto apontava que a eleição estava empatada entre os três principais candidatos que disputam a eleição em Timon, de acordo com a margem de erro.

Em pesquisa divulgada um pouco atrás, o ex-comandante Schnneyder aparecia na frente, mas inadvertidamente, apareceu entre as planilhas do resultado da eleição divulgada por um blog em São Luis e replicada pela imprensa em Timon, a informação de que a pesquisa não poderia ser divulgada pois não estava registrada, na planilha eleitoral aparecia informações de uma pesquisa que teria sido feita no Piauí e seus números teriam sido transportados para a planilha que se referia ao levantamento de dados em Timon, gerou suspeita e ficou feio e desconcertante.

Nessa nova rodada, embora a assessoria do Ex-comandante Schnneyder tenha feito esforço para aparentar números reais de que ele está frente na Pesquisa Exata,  números, dados importantes foram omitidos pela assessoria do candidato a enviar a pesquisa para os meios de comunicação, além disso, o caso mais suspeito da pesquisa que fala da liderança é o período em que o levantamento de dados foi feito: de 29 do mês passado para primeiro deste mês e o resultado somente divulgado quase quinze dias depois.

Como pesquisa sempre reflete o momento da eleição e da campanha, de acordo com a musculatura de cada campanha e candidato nas ruas e na campanha da TV, os dados durante 15 dias ainda não estão nos números pesquisas pela Exata realizada há 15 dias. Por iisso, acreditam os eleitores, que o resultado de hoje é outro totalmente diferente daquele de dias atrás.

Mas daqui até o dia 15 de novembro, dia da votação,  novas pesquisas surgirão, até lá como todos sabem tem pesquisadores para todos os gostos, mas somente o eleitor é quem decide sobre quem vai ser o novo prefeito ou prefeita de Timon.

Até lá, vamos ter que conviver com essa farra!

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.