Governistas impedem convocação de secretários para esclarecimentos de atraso nos pagamentos dos terceirizados

spot_img
Compartilhe:

Ainda não será dessa vez que a sociedade civil organizada vai ficar sabendo à cerca dos números oficiais, no que diz respeito ao débito oficial com as folhas de pagamento em atraso da gestão do ex-prefeito Luciano Leitoa e da atual prefeita Dinair Veloso, de Timon, com o pessoal terceirizado.

Segundo denúncia do vereador Uilma Resende, esses valores com as folhas beiram a casa dos 8 milhões de reais, mas o número oficial deste débito não pode ser anunciado, pois hoje, 22, em votação na Câmara, os vereadores governistas votaram contra um pedido de convocação dos secretários de Administração, Ulysses Halley;  da Saúde, Jefferson Veras e da Educação, Samuel Rodrigues.

Os vereadores signatários dos pedidos, ao convocaram os secretários, queriam esclarecer e dirimir as dúvidas sobre os débitos dos servidores terceirizados com a empresa Mega On, que alega ter uma dívida superior a 8 milhões de reais com a Prefeitura de Timon por conta da falta de repasses de recursos para o pagamento de folhas em atraso desde o ano passado.

O requerimento dos vereadores de oposição, para ser aprovado, precisaria de 14 votos a favor, ou seja 2\3, mas a votação acabou empatada no plenário com os votos das bancadas de oposição e governo, ambas com 10 votos, cada uma, e mesmo com voto do presidente, o requerimento não seria aprovado.

Analogia com atrasos de pagamento

O presidente Uilma Resende, ainda no debate sobre a convocação dos secretários, fez uma breve analogia de como atrasar salários causa angústia nas pessoas e alguns, por necessidade, acabam passando por situação de vida ou morte. Uilma disse para que os  “senhores vereadores imaginassem” que, na última sexta-feira, 19, deveria ter sido depositado o dinheiro dos vereadores, fato que não aconteceu por conta de problemas de transmissões on line, mas alguns vereadores, na sexta mesmo, o estavam procurando para saber se o dinheiro ia ser depositado ou não naquele dia. “Agora pensem aí, quem está com meses de salários atrasados sem saber quando vai receber”, disse Uilma Resende.

Acesso à informação  ou judicialização

Após a votação, o blog conversou com alguns vereadores de oposição para saber sobre que providências serão adotadas em busca de informações oficiais sobre o débito com atraso no pagamento das folhas dos terceirizados. Um dos vereadores afirmou ao blog que irá pedir, através de requerimento, que a nova gestão da Prefeita Dinair apresente os dados oficiais dos relatórios realizados pela equipe de transição de governo, antes de sua posse, para saber se nesses relatórios constam os débitos, se não constarem essas informações, o caminho, segundo esse vereador, será a judicialização.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Morre “Flávio Jubileu” figura lendária de Timon

A deputada Socorro Waquim lamentou a morte de Flávio Jubileu. Após ter sido anunciada sua morte por várias vezes, realmente hoje, 27, foi anunciada e...

Em evento especial, Câmara de Timon debate sobre suicídio e violência contra a mulher

O evento foi organizado pela vereadora petista Da Luz do 7 Estrelas. Nesta terça-feira, 26, foi realizada na Câmara Municipal de Timon um evento para...

Adolescentes da Funac participarão de ação social na Casa do Idoso em Timon

Adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa no Centro Socioeducativo de Semiliberdade de Timon, unidade da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), participarão, nesta...