Geral

Governo da Grécia presta juramento

O primeiro escalão do novo governo da Grécia, liderado pelo primeiro-ministro Alexis Tsipras, prestou juramento hoje (27), em cerimônia com a participação do chefe de Estado do país, o presidente Karolos Papoulias. Uma das novidades foi a redução de 18 para dez do número de ministérios. Entre os dez está incluido o Ministério de Luta Contra a Corrupção, criado pelo primeiro-ministro.

Dois dias após a vitória nas urnas, a maioria dos ministros prestou o juramento civil, a exemplo do que fez o premiê Tsipras, que é agnóstico. Ele é o primeiro chefe do governo grego a rejeitar o juramento religioso perante o arcebispo de Atenas, líder da Igreja Ortodoxa grega. Antes, o ministro da Defesa, Panos Kamenos, líder do partido aliado Gregos Independentes, e sete vice-ministros fizeram o juramento religioso.

Após sua vitória, Tsipras afirmou que “a Grécia deixou para trás a desastrosa austeridade” e que “o veredicto do povo grego significa o fim da troika”, a estrutura de supervisão da economia da Grécia constituída pela Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional (FMI), que, desde 2010, avalia as medidas adotadas no país em troca de empréstimos de 240 bilhões de euros.

O vice-primeiro-ministro e responsável pela coordenação econômica no novo governo e negociação com a troika é o economista Yannis Dragasakis. Um dos autores do programa econômico do partido Syriza, Dragasakis é o único membro empossado que tem experiência anterior no governo grego. Panos Kammenos, líder do Gregos Independentes, que se coligou com o Syriza para formar a maioria no Legislativo, ficará com o Ministério da Defesa. Todos os demais ministros são do partido vitorioso.

 

Edição: Veja Timon

Via: Agência Brasil

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.