Blog do RibinhaGeral

Governo inicia processo de desmoralização de Adão Dourado após adesão dele à base

Antes mesmo de protocolar o pedido de afastamento, o lider iniciou a espalhar a notícia de adesão de Adão ao governo

Adão Dourado entre os vereadores e ex-companheiros de base Anderson Pego e Antunes Macedo: inconfiável sempre.

Foi o vereador José Carlos Assunção, PSB, líder do governo Leitoa na Câmara de Timon que se encarregou de espalhar a noticia de que o “negócio” com o vereador Adão Dourado, da oposição, estava fechado. Como anunciara o blogdoribinha em texto afirmativo de que um dos vereadores do G-11 iria trair o grupo.

“O Adão agora é da base”, teria dito o vereador às primeiras pessoas que encontrou hoje, 24, nos corredores na Câmara, entre elas, o radialista e servidor da Casa José Francisco Teixeira – “O Mister Dida”, que repassou a informação ao titular do blog.

Assim, pela boca do líder do governo, iniciou-se o processo de desmoralização de mais um vereador de oposição em Timon, que adere ao governo e que o próprio governo se encarrega de desmoralizá-lo publicamente.

O pedido de Adão abre brechas propositadas para o processo de desmoralização.

Ao saber da notícia o blogdoribinha foi a Câmara e checou a informação como verdadeira a adesão do vereador e agora de forma oficial com o pedido de afastamento por ele para beneficiar o suplente Edson Lima, aliado do prefeito Luciano Leitoa.

A Vitória comemorada por José Carlos Assunção pode ser mais uma de “pirro” do governo, pois Adão foi o protagonista da maior derrota já imposta à gestão municipal, quando ele, em fevereiro, votou em Helber Guimarães para presidente da Casa, mesmo apalavrado com voto acertado com o candidato do governo ao cargo.

Com o voto de Adão, a oposição conquistou a Mesa Diretora e de lá pra cá só quem perdeu foi Adão Tavares, que se tornou inconfiável, não só do G-11, mas de seus eleitores e da população Timonense e da base que agora o cooptou.

Mas, entre o pedido de afastamento, sem vencimentos, de Adão e a posse de Edson Lima, muita água ainda vai rolar.
O vereador Adão Dourado foi acometido pela síndrome de Estocolmo, que é quando a vítima se apaixona pelo agressor, no caso dele pelo sequestrador.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.