Luiz Henrique candidato a presidência do Senado

spot_img
Compartilhe:

luis-henrique-presidencia-senado  O senador Luiz Henrique (PMDB-SC) anunciou hoje (27) que será candidato à presidência do Senado. No próximo dia 1º, logo após a posse dos 27 senadores eleitos em outubro de 2014, será eleita a Mesa Diretora da Casa. Até o momento, não há candidatos oficiais ao cargo, mas os líderes partidários já consideram que o atual presidente, Renan Calheiros (PMDB-AL), será o nome oficial do partido à reeleição.

Tradicionalmente, por contar com a maior bancada do Senado, o PMDB tem a prerrogativa de indicar o nome do presidente, mas os senadores podem quebrar o acordo histórico e eleger um candidato diferente daquele indicado pelo partido.

“Um grupo grande de senadores deve lançar uma chapa forte para a disputa. Há uma tendência em direção ao meu nome. Recebi muitos apelos também de companheiros de vários partidos, o que vai nos possibilitar fazer uma chapa forte e bem representativa”, disse Luiz Henrique ao anunciar a candidatura alternativa.

O senador admite que não conseguiu “viabilizar” o próprio nome como indicação oficial do seu partido, mas disse que a decisão é “irreversível” e que conta com apoios em outras legendas. “Eu tenho sinalização de vários partidos: PSDB, DEM, PDT, PP e PSD”, afirmou.

Luiz Henrique ressaltou que sua candidatura não é de protesto, mas para ganhar e promover mudanças na condução dos trabalhos do Senado. “Eu não vou sair contra o Renan, eu vou sair a favor do Senado e a favor das mudanças reclamadas nas ruas. Como dizia o doutor Ulysses [Guimarães]: ‘o povo quer mudanças. Ou mudamos ou seremos mudados’”, afirmou.

A candidatura de Luiz Henrique pode ainda contar com o apoio do PSB, que terá seis senadores a partir da próxima legislatura. A bancada do partido no Senado vai se reunir na noite de hoje para decidir como votará na eleição para a presidência da Casa.

Segundo a líder do PSB, Lídice da Mata (BA), a pauta da reunião será sobre a proposta de lançar o nome do senador Antônio Carlos Valadares (SE) ao cargo. No entanto, a decisão ainda será discutida e tomada apenas se o partido tiver apoio suficiente das outras legendas para ganhar.

“Vamos conversar hoje, porque não teria sentido expormos o nome do nosso senador mais antigo, nosso líder, um senador que já tem três mandatos, a ser um candidato sem apoio”, disse a líder do PSB pouco antes de receber Luiz Henrique e os colegas Ricardo Ferraço (PMDB-ES) e Waldemir Moka (PMDB-MS) para a reunião em que o nome do parlamentar catarinense foi oficializado.

De acordo com Lídice, há um clima de “desconforto” no Senado, porque Renan Calheiros não admitiu ainda que é candidato à reeleição. Lídice destacou que, apesar de o acordo histórico definir que o partido com maior bancada indica o nome para a presidência, isso não significa que as demais legendas sejam ignoradas. “Não é uma resistência ao nome do Renan. É uma resistência ao PMDB manter as decisões em segredo. É o tal do candidato em off”, definiu a líder pessebista.

Além da eleição para a presidência do Senado, no próximo domingo, os senadores também podem fazer a eleição dos demais membros da Mesa Diretora. A definição de quem ocupará cargos como 1ª vice-presidência e 1ª secretaria também deve obedecer ao critério da proporcionalidade, com o PT sendo o próximo a fazer indicações, por ter a segunda maior bancada. Em seguida, provavelmente na segunda-feira (2), os senadores elegerão os presidentes das comissões permanentes da Casa, seguindo o mesmo critério.

 

Edição: Veja Timon

Imagem/Via: Agência Brasil

Compartilhe:
Veja Timonhttps://www.vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Cego em tiroteio: Weverton Rocha grava vídeo ao lado de Queiroga e inspirado na imagem de Bolsonaro

Preterido por Flávio Dino na eleição estadual, o senador Weverton gravou um vídeo com Marcelo Queiroga e com um quadro de Bolsonaro ao fundo O...

Câmara entrega título de cidadania ao empresário Ilson Mateus em cerimônia bastante prestigiada

A homenagem ao empresário foi proposta pelo vereador Uilma Resende, presidente da Casa, e foi aprovada por unanimidade por todos os parlamentares. Na noite da...

Socorro Waquim pontua trabalho de suas gestões nos empreendimentos que se instalam em Timon

Signatária do projeto de lei aprovado em 2019, que concedeu Titulo de Cidadão Timonense ao bilionário Ilson Mateus, dono do conglomerado de lojas Grupo...