Blog do RibinhaGeral

MDB Timon escolhe novos dirigentes e marca encontro com mobilização para 2020

O partido está organizado com as mulheres, maior parte do eleitorado, e todas suas vertentes com vistas à 2020

Com um discurso entre “um momento novo e um novo momento”, mas com o mesmo sentido de mobilização e articulação das suas forças partidárias internas, o MDB de Timon realizou hoje, 23, em sua sede, convenções para escolhas de dirigentes dos segmentos MDB Jovem e Mulher, além de anunciar novos filiados e a criação em Timon do MDB Sócio Ambiental, uma orientação da MDB Nacional para que os diretórios desenvolvam ações com a temática dentro das lides do partido.

Novos dirigentes do MSB Mulher e Juventude

Foram escolhidos para presidir o JMDB  o jovem Kilson e o MDB Mulher a Professor Suely Almeida, mas o encontro foi marcado mesmo pela nova postura do partido, que em nível nacional elegeu o deputado paulista Baleia Rossi para a presidência e vem executando um trabalho de encarar a nova realidade dos partidos políticos no país com mobilizações de todos os seus segmentos partidários.

“É muito bom ver aqui companheiros valorosos de lutas passadas, batalhas e conquistas aliados com mulheres, guerreiras e jovens esperançosos”, disse a presidente do MDB em Timon Socorro Waquim.

O encontro foi marcado, além da presença de grande número de filiados, anúncio de novos filiados, mulheres e jovens, por uma mobilização antes vista nos processos em que o partido tomou a dianteira nos pleitos eleitorais aos quais disputou em Timon.

Nesse momento novo do MDB, hoje foi apresentado duas importantes palestras direcionadas para mulheres. Para que elas participem do processo eleitoral disputando candidaturas para câmaras e prefeituras.

Palestrante Raquel Ferro, ao lado de Socorro Waquim e Suely Almeida

A técnica do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí Raquel Ferro apresentou dados da fraca participação das mulheres na política e teceu comentários de como é possível mudar esta realidade a partir das eleições de 2020. Ferro, que vem apresentando esse diagnóstico da participação das mulheres lamenta que ainda existam muitas distorções no aspecto politico de participação das mulheres e isso ainda seja preconceito e motivo de discriminação dos homens com a desculpa de votarem em mulheres, um discurso segundo ela ultrapassado, mas que tem que ter um fim. Para isso, as mulheres tem participar. Ela aconselha a capacitação, a formação politica e estudo política como forma de inserção e do empoderamento das mulheres.

Socorro abonando ficha de novos filiados

A Professora Socorro, que é uma das lideranças regionais do MDB Mulher e é a relatora do projeto político defendido pela vertente: “Mais Mulheres Eleitas 2020”, quer mudar essa realidade no país. Conclamando as mulheres presentes, Socorro disse que ao chegar na Câmara em 2016 pequenos detalhes na Casa foram alterados, como a construção de banheiros femininos e outros detalhes. Ela enaltece a presença de vereadores eleitas, pois foi por intervenção da vereadora Cláudia Regina que os banheiros foram construídos, o que, segundo Socorro, reforça a participação das mulheres.

A palestra de Socorro Waquim é mais uma motivação que partido usará em nível nacional para que as mulheres, motivadas participem da vida politica e partidária a começar pelas cidades e pela quantidade de mulheres presentes ao partido hoje, o efeito desse projeto começar a desencadear em cadeia participação delas.

Do Maranhão, a presidente do MDB Estadual enviou vídeo que foi exibido durante a convenção. Olga Simão agradeceu aos convencionais pela escolha de Suely e Kilson e disse que o partido está unido no mesmo propósito das mulheres de Timon e de todo o país.

De Brasília, Fátima Pelaes, presidente nacional do MDB Mulher também enviou mensagem motivadora aos convencionais, homens e mulheres. “Uma alegria muita grande estarmos juntos com esse MDB forte, unido e verdadeiro. Porque juntos podemos fazer um Brasil melhor de se viver”, disse a presidenta Nacional.

A advogada Amanda Waquim também estava presente no evento. Ela tem sido motivada a ingressar na vida pública. O PSD, partido politico liderado pelo deputado federal Edilázio Junior tem projeto político em Timon. Amanda falou de sua vivência política dentro de casa com os pais e citou Socorro Waquim, sua mãe, como mulher à frente de seu tempo na participação política. A advogada se colocou a disposição de mulheres e homens que queiram entrar para vida pública, participar de partidos políticos e disputarem eleição. “Sei como é importante essa participação, vivenciei isso dentro de casa e só posso incentivar as demais que também participem”, disse.

 

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.