Blog do RibinhaGeral

Na TV, Luciano Leitoa cria discurso e marketing político, mas na prática trabalha o contrário

O prefeito, asseguram os que mais lhe conhecem, começou sua estratégia para indicar seu primo como candidato

Luciano Leitoa investe em sua estratégia para garantir mais um Leitoa na Prefeitura de Timon

Ao “descartar”, como dizem os mais entendidos em política, o deputado Rafael Leitoa, seu primo, como seu candidato a prefeito de Timon nas eleições de 2020, o prefeito Luciano Leitoa usa a velha máxima conhecida na política de que: “o discurso político é diferente da prática”. E é assim que definimos o primeiro parágrafo dessa análise da fala do prefeito de Timon na TV semana que passou.

Ao também direcionar, como dizem os mais entendidos, que sua candidata será a secretária Dona Sebastiana, da Educação, o prefeito também foge da prática e faz os expectadores emplacarem em seus devaneios.

Rafael Leitoa é sim, no momento, o candidato a prefeito de Timon, e ao “descartá-lo” o prefeito dá vazão pública ao projeto que existe por trás do desgaste dele (prefeito) como gestor e e foge da prática da velha política de indicar alguém da família para sucedê-lo ao “trono de prefeito”, que já foi ocupado por seu pai e por prefeitos indicados por ele (Chico Leitoa).

Consta no manual da sabedoria que, Luciano, por razões acima citadas, não indicará o nome de seu primo para prefeito, mas o governador Flávio Dino, que tem cenário melhor, tanto no Maranhão quanto em Timon, é quem se encarregará da tarefa de apresentar “O Deputado Rafael” como seu candidato. O candidato do governador a prefeito de Timon. A Luciano Leitoa cabe a estratégia que ele já começou a adotar em público.

Quanto ao fato do discurso final do prefeito, “de que é de Timon e ama a cidade”, todos sabem em Timon e até os que vem de fora que isso na prática é apenas um discurso, pois em seu primeiro mandato eletivo, como deputado federal Luciano Leitoa preferiu destinar emendas para as mais próximas  e longínquas cidade, que prioritariamente para Timon. Citamos aqui Teresina. E em sua gestão, Luciano Leitoa não demostrou tanto amor assim pela cidade e pelo seu povo, que foi castigado impiedosamente por suas duas gestões.

Mas para denotar, como querem os mais entendidos em política, de que essa seria uma fala para os candidatos forasteiros e aventureiros que incomodam o prefeito e sua trupe política por conta de enquetes eleitorais, – sem valor científico algum -, opinião recorrente, não de grupos políticos defensores de candidaturas postas à mesa, a fala do prefeito Luciano Leitoa nada mais é que uma escolha pessoal dele ao que é mais conveniente para uma briga eleitoral.

Afinal num duelo, ninguém faz desafio sabendo que seu adversário é melhor de tiro.

Mas essa é somente uma opinião política do momento, outras deverão surgir de acordo com  cena política apresentada, afinal, tem na história que: “política é como nuvem….”

 

 

 

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.