GeralTeresina

PMT enviará à Câmara projeto de crédito para novas escolas de tempo integral

O financiamento será por meio do New Development Bank – NDB / BRICS, já aprovado pelo Ministério da Educação, mais US$ 12 milhões de contrapartida da Prefeitura.

Grandes e modernas, a ponto de transformar o local onde estarão situadas, assim devem ser as novas escolas de tempo integral da Prefeitura de Teresina. O prefeito Firmino Filho enviará, nesta quinta-feira (14), um projeto de lei para a Câmara dos Vereadores, onde solicita autorização para contratar operação de crédito de até cinquenta milhões de dólares para as construções.

O financiamento será por meio do New Development Bank – NDB / BRICS, já aprovado pelo Ministério da Educação, mais US$ 12 milhões de contrapartida da Prefeitura. O Projeto Cidadania Inthegral prevê a construção de oito unidades de ensino, que funcionarão em jornada de tempo integral, reforma de prédios para ampliar o número de vagas na Educação Infantil e melhorias urbanísticas no entorno destas escolas.

Para o prefeito, as novas construções tendem a ser fator indutor de desenvolvimento nas regiões onde estarão. “Certamente essas novas edificações escolares modernas e sustentáveis trazem desenvolvimento, que pode ser replicado por toda a capital. São transformações urbanas e sociais que melhoram a vida das pessoas”, ressalta Firmino.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semec), os novos prédios terão estrutura inovadora e serão ambientalmente sustentáveis. Arborização e acessibilidade devem ser aspectos de destaque fora e dentro das escolas. O investimento tem a ver com a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, que destaca como fundamentais para o desenvolvimento da população a implantação das escolas de tempo integral e a expansão de matrículas na Educação Infantil.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.