GeralTeresina

Programa Diálogos Socioemocionais potencializa formação humana dos alunos

O Programa é uma solução educacional construída na Rede Municipal de Ensino de Teresina a partir de uma parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semec) com o Instituto Ayrton Senna.

A palavra “gratidão” foi dita muitas, durante a 1ª Mostra do Programa Diálogos Socioemocionais, na Escola Municipal Mocambinho, zona Norte de Teresina, realizado no último dia 7. As quinze escolas municipais participantes compartilharam a experiência transformadora dos últimos meses, relatando como a ação tem contribuído para a formação integral dos alunos. 

O Programa é uma solução educacional construída na Rede Municipal de Ensino de Teresina a partir de uma parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semec) com o Instituto Ayrton Senna. Mais de 5 mil alunos estão aprendendo a lidar melhor com as emoções, desenvolvendo competências como respeito e empatia. 

“Teresina vem avançando na implementação do novo currículo, no qual aprende-se em sala de aula habilidades para a vida, e a formação humana é tão importante quanto a cognitiva. É possível vislumbrar um futuro melhor a partir da educação integral, por isso somos tão gratos às equipes escolares que se empenham nesse projeto”, destaca o secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma. 

Na prática, diretores, professores e pedagogos passaram a se conhecer melhor e reorganizar suas práticas para apoiar os alunos de forma sistemática, criando uma rede sensível às problemáticas sociais que interferem diretamente no aprendizado dos alunos. 

Juliana Candian, representante do Instituto Ayrton Senna, também aproveitou o momento de compartilhamento para destacar o sucesso da parceria com a Rede Municipal de Teresina. “Temos construído muitos projetos juntos e esse tem algo especial, pois apoia a reestruturação do ensino para o foco nas competências socioemocionais. E Teresina tem feito um excelente trabalho nessa área”, elogia. 

A Escola Municipal Mocambinho foi uma das primeiras a receber o Programa no primeiro ciclo de escolas. Segundo o diretor Diógenes Meireles, são notórias as mudanças. “Tínhamos muitos alunos em situação de automutilação, sofrendo com transtornos que não conseguíamos ajudar, agora todo o planejamento da escola é pautada em uma intencionalidade socioemocional”, conta. 

Esse também é o depoimento da professora Juliana Malher, da Escolar Municipal Valter Alencar. Ela citou o bullying como um dos maiores problemas entre os estudantes, algo que vem sendo contornado a partir do Diálogos Socioemocionais. “Foi uma mudança significativa na minha prática e dos colegas, pois passamos a atender uma demanda dos nossos alunos que nem mesmo sabíamos denominar”, declara. 

A Mostra, organizada para encerrar as atividades do Programa em 2019, contou com a palestra “Educação integral, socioemocional e BNCC”, ministrada pelo especialista Hudson de Carvalho. Também rodas de diálogos, troca de experiências e uma exposição com produções artísticas dos alunos, além de uma apresentação do Cordão Grupo de Dança. 

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.