Reajuste de 12 por cento do Magistério não pode ser usado como moeda de troca por voto

spot_img
Compartilhe:

O reajuste do Piso Nacional do Magistério para 2022 de 12,5, que deverá ser pago a partir de janeiro do próximo ano para os professores de todo o o país, que deverá ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro não deve ser pauta em mesa de negociação entre os atuais gestores, nos estados e municípios, gestores da educação e professores em troca de votos, principalmente como apoio para o seus candidatos em 2022.

O reajuste é uma conquista, um direito conforme reza a Lei Federal 11.738/2008, criada pelo governo federal durante a gestão do petista Luiz Inácio Lula da Silva e os professores e diretores de escolas, sequer deveria sentar nessas mesas com pré-candidatos empunhando tal bandeira do reajuste como forma de troca de votos para seus apoiados.

Em Timon, por exemplo, existe núcleos dentro do governo apoiados e indicados para cargos dentro da instituição Educação que estão estabelecendo o reajuste como moeda de troca de votos com rumo definido para a eleição de 2022.

A Professora Dinair Veloso, que é servidora da Educação do município, e que terá direito a esse reajuste, como prefeita, não deveria permitir que o aumento fosse utilizado da forma como vem sendo tratado politicamente e exposto nas mesas de negociações dentro do contexto educacional.

O blog tem informação da existência de reuniões entre diretores, candidatos e apoiadores que tencionam o assunto do reajuste como forma de angariar votos.

Segundo informações, nessas reuniões são sugeridos nomes de candidatos a governador, senador, deputado federal e estadual, que estariam intrinsecamente ligados ao fato de que a atual gestão deverá conceder o reajuste de 12 por cento aos professores a partir de 2022, mas condicionado ao voto e apoio político aos candidatos do grupo dominante.

É isso!

 

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Morre “Flávio Jubileu” figura lendária de Timon

A deputada Socorro Waquim lamentou a morte de Flávio Jubileu. Após ter sido anunciada sua morte por várias vezes, realmente hoje, 27, foi anunciada e...

Em evento especial, Câmara de Timon debate sobre suicídio e violência contra a mulher

O evento foi organizado pela vereadora petista Da Luz do 7 Estrelas. Nesta terça-feira, 26, foi realizada na Câmara Municipal de Timon um evento para...

Adolescentes da Funac participarão de ação social na Casa do Idoso em Timon

Adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa no Centro Socioeducativo de Semiliberdade de Timon, unidade da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), participarão, nesta...