Renan Calheiros tentará reeleição a presidencia do Senado

spot_img
Compartilhe:

renan-calheiros  O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), falou pela primeira vez, a respeito das eleições para a nova Mesa Diretora da Casa. Cotado para se reeleger à presidência, até hoje, Renan não admitiu oficialmente ser candidato.

Em nota divulgada esta tarde, a assessoria de Renan informou que ele recebeu o senador Luiz Henrique (PMDB-SC) hoje de manhã para tratar da eleição. O parlamentar catarinense anunciou ontem (27) que disputará a ´presidência, mesmo Renan formalize sua candidatura.

De acordo com a nota, Renan disse a Luiz Henrique que a decisão sobre o candidato do PMDB deverá ser tomada pela maioria dos 19 senadores que compõem a bancada do partido.

“O senador Renan Calheiros ponderou ao senador Luiz Henrique da Silveira que a indicação do nome para disputar a presidência do Senado Federal é feita pela maior bancada, de modo a não violar a proporcionalidade e o regimento”, ressaltou a nota.

Depois da reunião com Renan, Luiz Henrique disse que sua candidatura é “uma coisa natural” e que conta com o apoio de partidos de oposição para a disputa. “Na política, trabalha-se com a realidade. Sei quantos votos tenho na bancada. Não poderia submeter a um grupo menor a vontade de um grupo que perpassa diversos partidos”, disse Luiz Henrique. Hoje à tarde, ele teve reuniões com líderes do PDT e do PSB. Representantes dos dois partidos ainda não tomaram uma decisão oficial sobre o apoio, mas não escondem a tendência.

Para tentar garantir o apoio do PSB, Luiz Henrique comprometeu-se com a pauta proposta pelo partido.

Conforme a líder do PSB, Lídice da Mata (BA), a candidatura do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) está mantida. “Precisamos de certa independência para que o Senado tome posicionamento de acordo com a agenda que as ruas exigem. Elas exigiram uma reforma política. Nós, que somos políticos e disputamos as últimas eleições, sabemos que a reforma é necessária.!

De acordo com a senadora, não é possível mais ficar debatendo se será por plebiscito ou referendo, nem transformar isso “no substantivo da reforma. O substantivo da reforma é debater e votar. E nós queremos que isso aconteça no primeiro semestre deste ano.” Lídice disse que a bancada do PSB decidirá até o fim da semana sobre o apoio a Luiz Henrique.

A eleição para presidência do Senado será domingo (1º). O PMDB tem a prerrogativa de indicar um nome para o cargo, porque tem a maior bancada da Casa.

 

Edição: Veja Timon

Via: Agência Brasil

Compartilhe:
Veja Timonhttps://www.vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Cego em tiroteio: Weverton Rocha grava vídeo ao lado de Queiroga e inspirado na imagem de Bolsonaro

Preterido por Flávio Dino na eleição estadual, o senador Weverton gravou um vídeo com Marcelo Queiroga e com um quadro de Bolsonaro ao fundo O...

Câmara entrega título de cidadania ao empresário Ilson Mateus em cerimônia bastante prestigiada

A homenagem ao empresário foi proposta pelo vereador Uilma Resende, presidente da Casa, e foi aprovada por unanimidade por todos os parlamentares. Na noite da...

Socorro Waquim pontua trabalho de suas gestões nos empreendimentos que se instalam em Timon

Signatária do projeto de lei aprovado em 2019, que concedeu Titulo de Cidadão Timonense ao bilionário Ilson Mateus, dono do conglomerado de lojas Grupo...