GeralTimon

Suspeito de participar da morte de PM se entrega

Tempo de Leitura: 3 minutos

soldado-morre-loja-oi-timon-maranhao  Dois suspeitos de participarem da morte do PM, Márcio Roberto da Costa Silva, na manhã do dia 31, foram identificados. Elielton Alves de Oliveira foi preso por policiais do BOPE em uma casa no Parque Aliança, horas após o assassinato do PM. O outro suspeito é um menor de 17 anos que se apresentou com um advogado, na manhã deste sábado (01), na Central de Flagrantes de Timon. Outros dois suspeitos, que seriam um casal, ainda estão foragidos.

O tenente do Bope, Alessandro Moreno, informou que o suspeito foi capturado após denúncias anônimas e localizado escondido dentro de uma cama box. Elielton Alves estava com uma tipoia no braço e, primeiramente, negou participação no caso, mas em seguida, confessou e ainda delatou os comparsas.

“Ele tentou se esconder dentro de um colchão, mas foi localizado e preso dentro de um barraco que ele disse que não era dele. No local encontramos arma de fogo e muita maconha. Durante as diligências, outras três pessoas também foram presas por posse ilegal de arma e droga”, explica o tenente.

Elielton Alves foi encaminhado ao HUT e submetido a cirurgia no braço. De acordo com informações do Bope, ele foi apontado pelo adolescente como o autor do disparo que matou o PM.

“O menor de idade disse que o Elielton atirou, que por sua vez, diz que foi o menor. Eles ficam trocando acusações, para tentar diminuir a responsabilidade, mas a polícia está investigando”, reitera o tenente Moreno.

Além de delatar os comparsas, o suspeito preso disse aos policiais militares que foi alvejado na saída da loja e que seria responsável apenas por recolher os produtos do roubo.

“Cheguei lá em uma moto deles e estava indo para o portão da loja quando fui alvejado. Não sabia que tinha PM lá. Me chamaram só no dia. Só fui para fazer o recolhimento”, disse o suspeito.

Ainda de acordo com a PM, o soldado Márcio Roberto da Costa Silva foi alvejado durante troca de tiros com os bandidos que entraram na loja e anunciaram. A cliente Lilian Raquel Sousa Ramos, 23 anos, uma estudante universitária, que estava dentro da loja, também foi atingida com um tiro na cabeça e permanece internada no HUT.

Além do Bope, participaram da prisão policiais do BPRE, Reservado do Piauí e Maranhão, 1º BPM e policiais militares do Maranhão.

“Cara de Pão” não tem envolvimento com o crime

O  BOPE confirmou, no começo da noite desta sexta-feira (31), que Tiago Leite Ribeiro de Sousa, 19 anos, mais conhecido como Cara de Pão, não participou da tentativa de assalto onde o policial Márcio Roberto da Costa Silva foi assassinado. Por causa de um ferimento no braço, o rapaz foi conduzido à Central de Flagrantes de Timon para prestar esclarecimentos. A polícia só teve a certeza que “Cara de Pão” não participou da ação após a prisão no Parque Aliança de Elielton Alves de Oliveira, também ferido no braço.

“Foi uma triste coincidência. O Cara de Pão não tem relação com o crime. O Elielton confirmou sua participação no crime”, informou o tenente Moreno.

O enterro do policial

É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã
Porque se você parar pra pensar
Na verdade não há

Foi sob esses versos da música “Pais e Filhos” da banda Legião Urbana cantados por familiares que o corpo do soldado da PM foi sepultado às 17h deste sábado (1º), no cemitério São João Batista, bairro Santa Maria das Vassouras, zona norte de Teresina. No momento em que o caixão foi depositado no túmulo, as pessoas que acompanharam a cerimônia aplaudiram.

Um suspeito do crime foi preso e um adolescente se entregou à polícia na manhã de hoje. Um casal, que também estaria envolvido, está foragido.

Dois colegas do 10º BPM, da cidade de Guadalupe, estiveram na casa da família de Márcio, no Parque Firmino Filho, também na zona norte, onde o velório acontecia. O soldado Cristalino lembrou que os dois fizeram o curso de formação juntos. “Ele era um rapaz competente e muito esforçado”, acrescentou o sargento Morais.

O corpo foi sepultado por volta das 17h. Familiares cantaram os versos da música Pais e Filhos

 

Edição: Veja Timon

Via: Cidade Verde

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.