Teresina não registra óbitos por Covid-19 neste domingo (29)

spot_img
Compartilhe:

Teresina mais uma vez não notificou mortes por Covid-19 em 24 horas. É o que informa o Painel epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS), que registrou até este domingo (29) 42.874 casos e 1160 óbitos desde o início da pandemia, além de 16.733 pessoas recuperadas da doença.

A capital segue com tendência de queda nos números de mortes por Covid-19 nas últimas semanas. De acordo com o boletim da FMS, a média móvel atual, que é calculada a cada sete dias, está em 1,57 óbitos, o que representa uma redução de 15,38% em comparação com a média móvel calculada há 14 dias (1,86).

Já a taxa de ocupação de leitos de UTI estava em 50% no dia 28 de novembro, o que representa um total de 72 internações em 144 leitos disponíveis exclusivamente para casos de infecções pelo novo coronavírus. Foi verificada uma redução de 5,15% na taxa de ocupação, comparando-se o valor calculado atual (50,0%) com o valor calculado há 14 dias (52,72%).

Apesar dos bons números, a FMS alerta que os hábitos de prevenção devem ser mantidos, para que assim o quadro de estabilidade seja mantido. Os especialistas do Centro de Operações em Emergência do município (COE) alertam para que as pessoas continuem usando máscara sempre que sair de casa e mantenham o hábito de higienizar as mãos frequentemente, além de outros cuidados, como o distanciamento social sempre que possível.

A máscara, em especial, tem se mostrado extremamente eficaz no controle da doença, como explica o infectologista da FMS e membro do Centro de Operações em Emergência (COE), Walfrido Salmito. “A OMS e todas as outras autoridades demonstraram que o uso de máscaras especificamente e isoladamente é capaz de diminuir o número de infectados pela Covid-19. Ela retém as gotículas de saliva, principal via de propagação do novo coronavírus, impedindo a transmissão da doença”, disse Salmito, pedindo à população que mantenha o acessório em todas as situações, inclusive se já estiver doente.

Walfrido Salmito ressalta que a manutenção destes hábitos permitirá que Teresina evite o aumento do número de casos. “Temos visto que, em alguns países do mundo, está acontecendo uma segunda onda de Covid, com muitos óbitos. Por isso pedimos a colaboração de todos para que isso não aconteça na nossa cidade. Tudo depende do nosso comportamento”, ressalta o infectologista.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Morre “Flávio Jubileu” figura lendária de Timon

A deputada Socorro Waquim lamentou a morte de Flávio Jubileu. Após ter sido anunciada sua morte por várias vezes, realmente hoje, 27, foi anunciada e...

Em evento especial, Câmara de Timon debate sobre suicídio e violência contra a mulher

O evento foi organizado pela vereadora petista Da Luz do 7 Estrelas. Nesta terça-feira, 26, foi realizada na Câmara Municipal de Timon um evento para...

Adolescentes da Funac participarão de ação social na Casa do Idoso em Timon

Adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa no Centro Socioeducativo de Semiliberdade de Timon, unidade da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), participarão, nesta...