Geral

Vereador Vavá prometeu voto a optometristas, mas seguiu orientação do governo pelo veto, informou Antunes

Antunes Macedo disse que jamais o voto de Vavá seria contra o veto do prefeito

Vavá, segundo Antunes, prometeu votar contra o veto do prefeito, mas na hora arregou.

Na sessão da última quarta-feira, 19, em que os vereadores votavam pela derrubada ou não do veto do prefeito Luciano Leitoa ao projeto de autoria do vereador Henrique Junior (PMN), que autoriza o funcionamento na cidade dos gabinetes para os optometristas, o vereador Antunes Macedo (PSDB), usou sua justificativa de voto para informar sobre o voto a favor ao veto do vereador pedetista Vavá Shalcher.

De acordo com Antunes, em encontro antes da votação com os optometristas presentes na galeria, o vereador Vavá havia prometido que votaria contra o veto do prefeito e em benefício da aprovação do projeto, mas, segundo o vereador Antunes alertou aos profissionais que o voto do vereador, que compõem a base do governo, não seria diferente dos demais, que votaram pela manutenção do veto assim como Vavá.

Antunes disse ao blogdoribinha que fez a exposição do voto do vereador Vavá não como forma de expô-lo, mas sim para mostrar que dificilmente, em matérias e votações fechadas com o prefeito e o executivo um vereador da base jamais será contrário, pois está em jogo uma posição adotada pelo Executivo, por isso, Vavá, apesar ter prometido à categoria, jamais iria contra a posição de manter o veto do prefeito Luciano Leitoa ao projeto, mesmo que isso tenha que contrariar seus amigos, disse Antunes sobre a posição de Vavá quanto ao projeto.

O blog lembra que Vavá Schalcher “está vereador” por licença do suplente dentro de uma articulação do prefeito Luciano Leitoa, que convocou o titular para ser secretário. Qualquer contrariedade ao prefeito significa o retorno à suplência.

PLACAR DA VOTAÇÃO: Contra o Veto: Adão Dourado, Antunes Macedo, Cláudia Regina, Anderson Pego, Kaká do Frigosá, Francisco Torres, Socorro Waquim, Henrique Junior, Raimundo da Ração, Juarez Morais e Leandro Bello (11 votos). A favor do veto: Vavá Schalcher, José Carlos Assunção, Helder Caic, Jair Mayner, Thiago Carvalho e Ivan do Saborear (¨06 votos).

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.