Blog do RibinhaGeral

Vereadora do PT de Timon recebeu irregularmente benefício do Bolsa Família

Da Luz recebeu o benefício quando exercia o cargo de Conselheira Tutelar e recebia salários de quase 2 mil reais

A  vereadora Da Luz do 7 Estrelas, do PT, da cidade de Timon, foi beneficiada, quando ainda era Conselheira Tutelar do Município de Timon e recebia salários de quase 2 mil reais, pelo Programa Bolsa Família com benefício no valor de 140 reais por mês. De acordo com busca feita pelo blogdoribinha, durante o ano de 2020, Maria da Luz de Sousa Silva Flor recebeu o benefício. A informação foi confirmada pela própria vereadora, que disse ao titular do blog, que em novembro de 2020, após ser eleita vereadora, pediu desligamento do programa.

“Antes de está vereadora eu tinha o benefício. Mas quando fui eleita já pedi o cancelamento. Tenho os protocolos mesmo assim continua aparecendo a moça da Semdes falou que vai continuar aparecendo no sistema porém, sem saque”, disse a vereadora. “Se vc observar o recurso tá todo em conta até eles recolherem. Meu último saque foi em novembro. Onde tinha nem um problema eu receber até o mês 12 pq só assumi em Janeiro de 2021”.

Perguntamos à vereadora: Mas a senhora até o dia da desincompatibilização para concorrer ao cargo não recebia como conselheira? Ela respondeu que: “Sim. Assim como muitas das companheiras”.

Perguntamos novamente à vereadora: Então, mesmo como conselheira, com salário fora da faixa do bolsa família, a senhora recebia o bolsa família? A senhora não acha que estava tirando a oportunidade de um desses miseráveis de Timon que deveria ser atendido pelo Programa? A vereadora justificou que: “Ribinha eu sempre trabalhei o social minha renda sempre foi dividida com à população carente. Faço isso desde de 2010 e agora intensifiquei enquanto vereadora. Todo mês faço doação de 50 cestas às famílias carentes da minha região. Antes doava 10, 15 hoje ampliei dou 50, 60 sempre fiz meu papel com o social. E foi isso que me credenciou chegar onde cheguei”, disse a vereadora.

O blogdoribinha procurou o secretário de Desenvolvimento Social Márcio Sá para esclarecimentos sobre o fato. De acordo com o secretário: “O Ministério da cidadania no ano de 2020 por motivo da pandemia não fez nenhum tipo de alteração cadastral, por esse motivo não houve bloqueio de benefício, atualização passa pela Semdes, educação e saúde por muitas vezes, mas em janeiro de 2021 após assumir o mandato ela solicitou o cancelamento, em 2020 recebeu realmente. Mas já foi cancelado. Sobre o fato da vereadora ter recebido como  Conselheira Tutelar o benefício do bolsa família, Márcio Sá disse ao blog que: “Na vdd teria que ter dado baixa. No início do mandato de conselheira teria que ter pedido a baixa”.

 Quem tem direito a receber o Bolsa Família

A população alvo do programa é constituída por famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa. As famílias pobres são aquelas que têm renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa.

Tesoureira da Semdes foi denunciado com beneficiária do Bolsa Família em Timon

Em 2015, na Gestão do ex-prefeito Luciano Leitoa, Timon foi surpreendida com o escândalo de que a Tesoureira nomeada pelo prefeito estava se beneficiando de recursos do programa federal. A noticia ganhou as manchetes de jornais e dos principais sites e blogs do Maranhão.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.