Blog do RibinhaGeral

Ainda não está fechado o acordo para que Jair Mayner deixe a Câmara e assuma secretaria

O prefeito quer que Leandro Bello ceda a vaga para Neto Peças assumir o lugar

Leandro hoje é muito próximo do líder de oposição

Apesar de bem avançadas as negociações na base do governo Leitoa ainda está indefinida a situação do vereador Jair Mayner (PSB) que quer deixar a Câmara para assumir a Secretaria de Agricultura dando lugar ao primeiro ou segundo suplentes, Leandro Bello (DEM) e Neto Peças (PSB), respectivamente.

Ontem, 27, o lider do governo dizia que saída de Jair Mayner está praticamente certa. José Carlos Assunção disse que a secretaria é cara do robusto vereador Jair Mayner e que ele gosta “daquilo ali”, mas o líder não falou ou deixar escapar quem iria assumir a vaga.

Em conversa, via whatsapp, com Leandro Bello, ele declarou ao blog que “não tem nada confirmado, inclusive estou em viagem com minha esposa e meu filho, qualquer coisa aviso a você amigo”, palavras do primeiro suplente.

Acontece que, segundo apurou o blogdoribinha, o prefeito Luciano Leitoa não estaria interessado que Leandro Bello, mesmo sendo o primeiro suplente, assumisse a vaga e sim cedesse o lugar ao seu aliado político Neto Peças, que está na segundo suplência e para quem Leandro deveria abdicar do direito de exercer a vereança.

Dentro desse contexto de informações buscadas pelo blogdoribinha e segundo fonte, o prefeito Luciano Leitoa não quer correr o risco de ter mais um vereador colocado em sua base indo para oposição, exatamente pelas ligações que Leandro Bello hoje tem com o lider de oposição Henrique Junior (PMN), com quem formou dobradinha política na eleição passada e teve uma excelente votação para deputado federal na cidade.

É fato que, para Leandro Bello aceitar ceder o  lugar para Neto Peças, necessariamente, terá que haver uma negociação política, que como todos sabem envolvem certos privilégios, vantagens e outras “coisitas” mais. Por isso, segundo fonte ligada à Leandro Bello, ele pensa duas vezes em aceitar qualquer proposta do governo para ceder a vaga, pois em aceitá-las sofrerá desgaste dos vereadores oposicionistas e da população, que votou em Leandro, em Timon, com um discurso de palanque de oposição ao prefeito Luciano Leitoa, que até hoje não se mobilizou para entregar obras e programas conseguidos por interveniência de Leandro Bello quando exerceu o mandado de vereador até  2016.

Jair depende de Leandro para deixar a Câmara

Alfinetada da oposição

Enquanto o acordo não se define, vereadores de oposição espalham que o real motivo de o vice-líder do governo deixar de ser vereador não por conta de sua habilidade na agricultura, mas sim pelo fato de últimos dias estarem chegando ao assessoria jurídica da Casa Legislativa pendengas judiciais que deixam Jair Mayner sem condições de ir para um confronto com os “meninos da oposição”

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.