Blog do Ribinha

Demitidos em dezembro e sem receber um centavo, “seletistas” prometem “panelaço” na porta da Semed em Timon

Eles foram admitidos em 2017 e demitidos em 2019, mas não receberam

Os mais de 2 mil e 100 servidores contratados através de teste seletivo em 2017 e demitidos pela Secretaria de Educação de Timon, em dezembro de 2019, estão prometendo um “panelaço” para a porta da sede da secretaria onde fica o gabinete de Dona Sebastiana Veloso, secretária de Educação, para os próximos dias caso o prefeito Luciano Leitoa não pague o que deve a eles.

Desde o ano passado que os servidores: professores, cuidadores e administrativos aguardam pelo pagamento de seus salários referentes a 2019, além de benefícios, mas até agora nada foi pago, apesar de ter sido depositado nos cofres da Prefeitura, em dezembro de 2019, mais de 36 milhões de reais e no último dia 10, foi feito um depósito de 5 milhões e 500 mil reais referente a créditos do governo federal.

Em um grupo do whatsapp formado pelos “seletistas” existem áudio de uma secretária da Semed afirmando que o dinheiro foi depositado na conta dos professores, mas até o momento ninguém dos “seletistas” recebeu. As informações, por conta deste áudio advindo de uma pessoa da gestão da secretaria, acirrou ainda os ânimos e os “seletistas” está dispostos a fazer um “panelaço” reivindicando o pagamento da dívida em atraso.

O blogdoribinha teve acesso ao áudio onde a secretária diz que o dinheiro foi depositado na conta dos servidores, mas muitos servidores, no grupo, dizem que não receberam.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.