Blog do RibinhaGeral

Greve de motoristas e cobradores descamba para atos de vandalismo e desobediência

Vários ônibus foram apedrejados e sindicato não cumpre determinações da justiça

Lateral do ônibus atingida por pedras e passageira saiu ferida

A greve dos motoristas e cobradores de ônibus de Teresina, que entra hoje, 09, no seu 6º dia, deixou de ser um movimento reivindicatório por reajuste salarial para as categorias e se transformou em atos de vandalismo e desobediências às determinações judiciais.

A greve embora, legítima, deve garantir direitos para quem quer trabalhar e para os passageiros que precisam se deslocar no transporte coletivo, além disso, estabelecer o cumprimento do que estabelece a lei ou as decisões judiciais, como a preferida pela desembargadora Liana Chaib, do trabalho que arbitrou pelo funcionamento da frota em 70 por cento, o que não vem sendo cumprido pelo sindicato e a população é quem mais sofre com a falta de ônibus na cidade.

Ontem, em mais um ato de vandalismo, vários ônibus da empresa Timon City, retornaram à garagem da empresa apedrejados com para-brisas, portas janelas atingidas por pedras e que chegaram a atingir uma passageira. Em Teresina, existes registros de apedrejamento de ônibus de outras empresas.

Uma audiência ontem terminou infrutífera na solução do impasse entre motoristas, cobradores e patrões e a greve segue hoje, mas a qualquer momento a Desembargadora do Trabalho, diante o impasse poderá tomar uma decisão sobre a greve.

A ação ganhou manifesto da população usuária do serviço e de pessoas ligadas à empresa, que não concordam com a forma de reivindicação com prejuízos para a população e para empresas.

Através das redes sociais, o assessor jurídico da Timon City se pronunciou sobre o assunto e solicitou da justiça providências no sentido de coibir os abusos e atos de vandalismo durante a greve.

Veja o texto do advogado publicado nas redes sociais:

TRISTE REALIDADE!!!
Mais um dia de prejuizos para a população Timonense, enquanto empresas do SETUT, PREFEITURA DE TERESINA, SINDICATO DOS MOTORISTAS DE TERESINA, BRIGAM por questões salariais, o povo de Timon que nada tem haver com essa briga paga o preço desse descaso. Essas são as imagens do fim do dia onibus apedrejados por vândalos que querem a todos custo manter o caos no sistema de transporte para impor suas vontades a todo custo, chegou a uma passageira ser atingida e ferida pelos estilasos de vidro, parar parte da frota é questão de segurança para os usuários e funcionários. VALE LEMBRAR QUE NOSSA EMPRESA TIMON CITY ESTÁ COM TODOS OS SALÁRIOS EM DIAS, NÃO FAZ PARTE DO SETUT E NÃO TEM NADA HAVER COM A GREVE DE TERESINA, E MESMO ASSIM SOMOS IMPEDIDOS DE TRABALHAR POR CONTA DESSES CRIMINOSOS QUE INSISTEM EM DESTRUIR O PATRIMÔNIO QUE SERVE AO POVO. ESPERO QUE O JUDICIÁRIO ADOTE AS MEDIDAS CABÍVEIS E QUE ESSES ABUSOS PAREM DE ACONTECER. O POVO NÃO TEM NADA HAVER COM ISSO SE A PREFEITURA DE TERESINA DEVE AO SETUT QUE PAGUE E SE O SETUT DEVE OS FUNCIONÁRIOS QUE FAÇA O MESMO, PREFEITO FIRMINO, SINDICATO E SETUT TENHAM CONSCIÊNCIA. ABSURDO ISSO, SÓ QUEM DEPENDE DE TRANSPORTE PÚBLICO SABE O QUE ESTÁ SOFRENDO.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.