Blog do RibinhaTeresina

Grupo que disputou pelo Solidariedade em 2016 decide abandonar partido em Timon

O SD obteve exatos 6 mil 833 votos, elegeu três vereadores, mas todos confirmaram saída do partido

Eleitos em 2016 pelo Solidariedade, Coca do Matapasto, Raimundo da Ração e Juarez Morais esperam janela partidária para deixar o partido

O partido Solidariedade, que anunciou apoio recente ao pré-candidato Coronel Schnnyder deverá ficar totalmente esvaziado até o dia 3 de abril, prazo final para os vereadores eleitos que não quiserem disputar a reeleição pela sigla.

Segundo informações colhidas pelo blogdoribinha junto aos três vereadores eleitos em 2016 pelo SD compondo dentro das coligações governistas todos aguardam a abertura da janela política no próximo dia 3 de março para deixar o partido. Juarez Morais, Raimundo da Ração e Coca do Matapasto, têm destino de toda e rumos políticos diferentes, mas ressaltaram que não ficam no partido.

Thiago Carvalho, suplente de luxo, também sairá do partido

O vereador Juarez Morais, por exemplo, que obteve a votação de 1 mil 976 votos já declarou apoio ao seu irmão Jaconias Morais que é pré-candidato a prefeito de Timon; o segundo colocado Raimundo da Ração, com 1 mil 360 votos deverá apoiar a candidata do MDB, Professora Socorro Waquim e o vereador Coca do Matapasto, eleito com 949 votos, continua na base do governo Leitoa, ainda sem definição de qual partido se filiará. A debandada do partido também atinge todos os suplentes e não eleitos. A partir do primeiro suplente Thiago Carvalho, que obteve 938 votos, até a última colocada do partido Silmara Silva, que obteve 6 votos, todos, segundo informações, não ficarão no Solidariedade por conta da investidura e troca de comando em Timon.

O  Solidariedade obteve 6 mil e 833 votos na eleição passada, em 2016, compondo com a base do governo, agora na oposição e entregue ao Coronel Schnnyder dificilmente vai manter essa performance eleitoral obtida em 2016.

Em nota recuperada pelo blog publicada em sua página no facebook, o vereador Coca do Matapasto explicou as razões de sua saída do partido. Veja os trechos mais importantes da nota.

Quero aqui me dirigir a todos os timonenses e companheiros de luta, estamos no último ano do mandato, fui eleito nas eleições de 2016 pelo partido Solidariedade (SD) que tem como presidente estadual do partido, o Secretário Estadual de Indústria e Comércio do Maranhão, Simplício Araújo, que confirmou recentemente por meio do oBlog do Elias Lacerda, que existe uma solicitação em âmbito nacional para que o Solidariedade de Timon seja colocado à disposição da oposição em Timon.

Diante da posição politica do partido apresentada pelo presidente estadual, e em razão de estamos compondo a base do Prefeito Luciano Leitoa (PSB), e ciente de que o grupo do prefeito representa o melhor projeto político/administrativo para Timon, e consequentemente para os timonenses, decidimos usar a janela partidária para buscamos outro partido para disputarmos as eleições de 2020.

Nos dias 19 e 20 do mês em curso participarmos de um Encontro Político promovido pela Federação dos Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado (FETAEMA) órgão que representa os agricultores familiares, categoria da qual o nosso grupo sindical parte. O Encontro teve como objetivo orientar o posicionamento político dos vereadores e pré-candidatos da categoria nos municípios como forma de promover o fortalecimento das políticas públicas voltadas para a categoria em todo o estado. Na ocasião coloquei a minha situação política, e fui orientado a buscar partidos que compõem o arco de aliança da esquerda.

Por fim, quero esclarecer a todos os companheiros que estamos estudando um partido para disputamos as eleições de 2020, busquei algumas conversas com dirigentes do Partido dos Trabalhadores em Timon, partido a qual tenho afinidade, em virtude das pautas defendidas pela sigla ao longo seus 40 anos. No entanto estou esperando algumas definições internas do partido, tais definições irão nortear se faço, ou não a filiação no PT timonense.

Também fui procurado pela presidente do Cidadania (CDN) local a amiga Isia Mendes, e pela senadora Eliziane Gama que comanda a sigla no estado, e por dirigentes do PCdoB. Portando estes são partidos que inicialmente estamos estudando a possibilidade de compor, para disputarmos as eleições deste ano. Estamos consultando nossos apoiadores e companheiros para decidirmos de forma coletiva em qual sigla iremos compor.

Um forte e respeitável abraço a todos os timonenses.

 

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.