Blog do RibinhaGeral

Jovem ex-assessor do governo Leitoa lamenta não instalação da Estação da Juventude em Timon

Leandro Sousa visitou o programa instalado em cidade do Piauí e ficou impressinado com os benefícios

Leandro Sousa, ex-coordenador do projeto em Timon, com o secretário de Esportes Marcone em Água Branca

O jovem Leandro Sousa, militante político, que até bem pouco tempo participava do governo Luciano Leitoa, ficou impressionado com o funcionamento da Estação da Juventude, em Água Branca, Piauí, inaugurada em novembro do ano passado pelo ex-Secretário Nacional da Juventude, Assis Filho.

Em visita ao município piauiense da Região do Médio Parnaíba, Leandro Sousa, em conversa com o blogdoribinha, disse estar impressionado com os benefícios que o programa vem favorecendo a mais de 4 mil jovens água-branquenses de 15 a 29 anos que antes viviam em situação de vulnerabilidades e ociosidade com a presença de tráfico de drogas, prostituição, abandono escolar, violência, entre outros ações maléficas e que hoje participam de atividades específicas como aulas de capoeira, aulas de dança, futebol, vôlei, oficinas de fotografia e cinema itinerante ofertadas pela Estação da Juventude na cidade piauiense.

A Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) fez o repasse de R$300 mil para a instalação da Estação da Juventude. Leandro lamentou o fato de em Timon, o secretário ter assinado ordem de serviço para a construção da estação, mas até hoje ninguém sabe como anda a instalação desse grande benefício para a população.

De acordo com Leandro Sousa, ele, quando era dos quadros da Coordenadoria da Juventude, fez o treinamento, em Brasília, para coordenar o programa, em Timon, mais ao ser demitido pelo prefeito, o programa paralisou desde então, lamentou.

Leandro Sousa foi exonerado do cargo por não aceitar votar na #chapafechada do grupo Leitoa, em 2018.

Através do whatsapp, nós procuramos o Coordenador da Juventude, em Timon, mas até o fechamento desta reportagem ele não havia nos enviado quaisquer esclarecimentos sobre as cobranças do ex-assessor.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.