Blog do RibinhaGeral

Jovens em liberdade assistida terão acesso a auto maquiagem no Projeto Capitães de Areia

O projeto idealizado pelo Juiz Simeão Pereira tem apoio de vários órgãos governamentais e não governamentais

Dez jovens do sexo feminino que entraram para o mundo do crime – na sua maioria com envolvimento com o tráfico de drogas em Timon -, e que estão em liberdade assistida após passarem por trâmites judiciais na Vara da Infância e da Juventude, que tem à frente o Juiz Simeão Pereira e Silva, começam a receber assistência através do Projeto Capitães de Areia – idealizado pelo magistrado-, e que tem como objetivo principal assistir, através de medidas em meio aberto e de semiliberdade por meio de cursos, oficinas, práticas desportivas, palestras rotineiras, focando ações preventivas contra a violência e o uso de álcool e drogas, cultura de paz, valorização da vida.

Hoje, 08, na sede da Seccional da OAB Timon, foram entregues à representante da PM Capitã Ibiapina dez kits de maquiagem que serão usados, em primeiro lugar, por essas jovens, com orientação de profissionais do ramo, como forma delas recuperarem a autoestima e também puderem multiplicar as informações que serão repassadas a elas, para que posteriormente elas possam se capacitar e não voltarem mais a delinquir.

Os kits foram adquiridos numa parceria da OAB Timon através da Comissão da Mulher e da Advogada, presidido por Amanda Waquim, que contaram com a sensibilidade de ingresso no projeto do Tabelião Raimundo Lucas, que doou os kits com produtos completos para maquiagem.

De acordo com o Juiz Simeão Pereira e Silva, as dez jovens assistidas terão, com a doação do kits uma oportunidade de auto maquiagem como forma de recuperar a autoestima, num dos eixos do projeto que tem a profissionalização como forma  de afastar elas do crime. Ele explicou que essa ideia do programa surgiu dos próprios policiais militares e que não foi algo construído em gabinete, que com responsabilidade e consciência entenderam que poderiam fazer algo a mais para ajudar nessa situação de violência, que agora beneficiam as jovens que estão cumprindo medidas de liberdade assistida, que está envolvidas numa das páginas trágicas de suas vidas com o envolvimento com as drogas, disse.

De acordo com a Cabo Samuelle, as jovens e adolescentes terão agora um acompanhamento de profissionais do ramo no uso dos produtos para auto maquiagem em local ainda a ser definido pelo PM, onde também receberão uma capacitação, para que caso, queira entrar com seu próprio negócio.

Simeão Pereira e Silva concordou com o fato de ainda é muito pouco o que está sendo feito dentro dos projetos e seus eixos desenvolvidos pela Vara da Infância e da Juventude, mas disse que com o apoio da sociedade, de pessoas como o tabelião Raimundo Lucas, e a imprensa na divulgação dos projetos esse alcance poderá ganhar novas e maiores proporções. Simeão disse que tem recebido informações de delegados de que, em algum aspecto a violência em que aparecem menores de idade envolvidos, tem diminuído, em que embora ainda tímida, ele acredita que esse seja um reflexo das ações dos projetos que vem sendo executado pela Vara em Timon.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.