Blog do RibinhaGeral

Luciano Leitoa demite militante e aliado do cargo de Ouvidor e reduz seu salário

Rafael Costa exercia o cargo desde o início da primeira gestão do prefeito

Rafael Costa exercendo sua função e sentado à mesa com o prefeito

O militante político Rafael Freitas Costa perdeu a patente de Ouvidor do Município de Timon, cargo que exercia desde o primeiro governo de Luciano Leitoa iniciado em 2013. Ele teve o salário reduzido e deve cair no ostracismo com o atual cargo que está sendo designado pelo prefeito de Timon. O de assessor especial sem função específica. (Veja a publicação)

“De uma canetada só”, Luciano Leitoa exonerou Rafael Costa, baixou seu salário de R$ 1.800,00 para R$1.000,00 e nomeou para o seu lugar Carlos Zangirolami Sousa Silva.

O motivo da baixa do militante político Rafael Costa no governo ainda não se sabe, mas sempre que existia denúncias de negócios envolvendo o setor imobiliário em Timon, o nome de Rafael aparecia, mas até hoje nenhuma dessas denúncias, inclusive apuradas pelo blog, provaram qualquer participação do ex-ouvidor nesses episódios.

O cargo de ouvidor é importante na estrutura organizacional da gestão, pois cabe a ele ouvir aos reclames da população e se dirigir aos órgãos para a tomada de providências pelos gestores nas determinadas situações que lhe são reclamadas.

O motivo real da demissão de Rafael Costa ainda não  foi explicada pelo governo, mas pela pena que pegou do prefeito, de ser exonerado e ter seus salários reduzidos, algo de grave deve ter acontecido. É o que se supõe nestes casos.

O blog tentou contato pelo watsapp com o ex-ouvidor para saber os motivos de sua exoneração do cargo, mas ele não nos respondeu. O espaço continua aberto, caso ele queira se pronunciar

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.