Mulher brinca de “acender 7 velas pretas” em grupo de whatsapp e morre de infarto fulminante

spot_img
Compartilhe:

A ex-funcionária pública Edna Mesquita, de aproximadamente 35, uma mulher alegre, comunicativa, brincalhona, moradora de Timon, na Rua “N”, Cidade Nova, aparentemente saudável ou esbanjando saúde, como gostam de dizer, morreu na madrugada de hoje, vítima de infarto fulminante. Ele sentiu-se mal, foi levada para a UPA de Timon e chegou sem vida.

Os amigos lembram-se dos dias que antecederem a morte de Edna, e de acordo com eles, no grupo de whatsapp intitulado “amigos do blogdoribinha”, na quinta-feira, 22, Edna teria brincado com outros amigos, que também participam do grupo, se referindo a acender “7 velas pretas”. Essa expressão, para muitos superticiosos tem a ver com morte.

Através dos prints, que mostramos ao lado, Edna cita, inclusive, o Bita do Barão, mas afirma ser tudo brincadeira.

O corpo de Edna Mesquita encontra-se no IML, em Teresina, aguardando a liberação para ser velado pela família.

Os amigos do grupo de whatsapp lamentaram a morte de Edna Mesquita e muitos citaram as brincadeiras que ela fez no grupo na última quinta-feira sobre as “7 velas pretas”.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Cego em tiroteio: Weverton Rocha grava vídeo ao lado de Queiroga e inspirado na imagem de Bolsonaro

Preterido por Flávio Dino na eleição estadual, o senador Weverton gravou um vídeo com Marcelo Queiroga e com um quadro de Bolsonaro ao fundo O...

Câmara entrega título de cidadania ao empresário Ilson Mateus em cerimônia bastante prestigiada

A homenagem ao empresário foi proposta pelo vereador Uilma Resende, presidente da Casa, e foi aprovada por unanimidade por todos os parlamentares. Na noite da...

Socorro Waquim pontua trabalho de suas gestões nos empreendimentos que se instalam em Timon

Signatária do projeto de lei aprovado em 2019, que concedeu Titulo de Cidadão Timonense ao bilionário Ilson Mateus, dono do conglomerado de lojas Grupo...