Blog do RibinhaGeral

“Pipocam” novas denúncias de venda de casas do governo federal em Timon

As denúncias que chegam ao blogdoribinha se referem a mais um golpe.

Começam a pipocar novas denúncias de pessoas envolvidos em negociações ilegais de comercialização de casas do Programa Minha Casa Minha Vida, em Timon. São inúmeras as pessoas que procuram os meios de comunicação para denunciar fatos envolvendo pessoas na comercialização ilegal dessas casas populares.

Segundo as denúncias que chegam ao blogdoribinha, casas nos Residenciais Miguel Arraes, Lourival Almeida e João Emílio Falcão estariam sendo negociados pelos valores de mil a 4 mil reais por estelionatários.

O golpe é simples, uma pessoa invade uma dessas casas, ainda desocupada, é denunciada pela invasão, aparece uma pessoa identificada como  “coordenadora do programa” e obriga a pessoa a sair, pois a casa, apesar de vazia tem proprietário, diz o estelionatário, que depois negocia a casa com outras pessoas.

Em contato com o secretário de Habitação Hélio Lopes procuramos saber se a secretaria tinha alguma informação ou recebido denúncias nesse sentido, mas o secretário apesar de ter visualizado nossa msn via whatsapp, preferiu não nos responder.

Às pessoas que denunciaram o golpe ao blog, recomendamos que procurem os distritos policiais e que busquem gravar conversas em áudio e vídeo para denunciar as pessoas que estão se utilizando dessa prática criminosa.

O prefeito e o ouvidor do município no distrito em busca de informações, em 2016.

Filiado do PSB foi preso vendendo casas

Em fevereiro de 2016, o estelionatário Josué Araújo foi preso acusado de negociar casas dos Residenciais Cocais I e II. Ele teria lesado mais de 90 pessoas com a venda ilegal das casas, que são moradias populares construídas pelo governo federal, através do Programa Minha Casa em Minha Vida.

Depois de preso, o estelionatário foi identificado como sendo um filiado do partido do prefeito Luciano Leitoa, o PSB, em Timon.

O caso ganhou grande repercussão, pois no dia de sua prisão o prefeito Luciano Leitoa foi a até distrito policial em busca de informações sobre a ocorrência envolvendo seu filiado.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.