Blog do Ribinha

Revista Eletrônica do Blodoribinha

Resumo das notícias mais comentadas na semana que passou

Prova de “títulos”

Os amigos e contemporâneos do vereador e acadêmico Francisco Torres estão cismados com o fato dele está propondo título de cidadão timonense a todos os seus professores do curso de Direito.

Eles acham que isso tem a ver com o desempenho do aluno na sala de aula e para melhorar sua performance dentro do contexto do curso.

G12 – 3

Os nove vereadores que compõem do G-12, grupo que uniu os sete de oposição e os cinco que romperam com o governo para ganhar a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Timon, este ano, informaram que estão firme no mesmo propósito.

Eles estranham que o advogado Eliomar Feitosa use publicamente a eleição da mesa para barganhar votos na eleição deste ano.

Segundo um porta voz do grupo, ao blogdoribinha, a eleição de 2018 não foi cogitada quando o grupo resolveu se unir para formar uma chapa vitoriosa para a eleição da presidência da Câmara.

Cada coisa a seu tempo, disse o porta voz.

Campanha tímida

Das campanhas que estão nas ruas em Timon a de Andre Fufuca para reeleição de deputado federal é mesmo a mais tímida em seu início.

O deputado federal parece não explorar o potencial que o partido tem na cidade com a família RA no comando de seu apoio para difundir sua campanha na cidade, apesar de na semana que passou, um grande movimento foi realizado para apresentar seu nome em Timon.

Cláudia com Lobão e Roseana

A vereadora Cláudia Regina, que é candidata a deputada federal pelo PMB, ainda não declarou em quem votará para deputado estadual na cidade.

Com pelo menos três amigos vereadores disputando o cargo: Henrique Junior (PMN), Antunes Macedo (PSDB) e Socorro Waquim (MDB), a vereadora prefere fazer a política da boa vizinhança e quem saber conquistar o votos dos indecisos, já que dos três apenas Antunes ainda não apresentou seu federal.

Quanto aos outros companheiros de chapa, Cláudia votará em Roseana, governadora,  Lobão e Sarney Filho para o  senado.

Em quem foi alfinetada?

O deputado estadual Edilázio Junior (PV), que sempre foi muito comedido como as palavras, alfinetou com endereço certo ex-aliado.

“Esses aqui são os seus verdadeiros amigos governadora, aqueles que lhe chamavam de minha rainha, minha madrinha onde estão¿”, disse o deputado em cima do palanque armado na última sexta-feira, 16, para o lançamento da candidatura Socorro Waquim.

Jogo duplo: estratégia

Timon toda já percebeu que o Grupo Leitoa está dividido em Timon quando o assunto é deputado federal.

Os aliados que são ligados ao ex-prefeito Chico Leitoa declaram apoio para deputado federal em Rubens Junior (PCdoB) e a “galera” de Luciano Leitoa vota em  Bira do Pindaré (PSB), mas para deputado estadual o grupo permanece com Rafael Leitoa (PDT.

Essa foi estratégia do grupo para que Rafael Leitoa tenha melhor votação em Timon e seja eleito pela primeira vez deputado estadual.

Em Timon, na eleição passada, Rafael obteve pouco mais de 21 mil votos e, por conta disso, perdeu a eleição, ficando na primeira suplência. Este ano, o deputado precisa aumentar sua votação no estado todo senão fica de fora novamente.

Leandro tem bom trânsito em Brasília
Os dois jovens farão dobradinha em Timon e outras cidades

Pratas de casa

Como Timon tem candidatos prata de casa na disputa para federal que podem tirar votos de Rubens Junior e Bira do Pindaré, que são forasteiros, o  voto para estadual em Rafael Leitoa ficariam preservados, de acordo com estratégia dos Leitoas.

O caso dos candidatos Leandro Bello e Henrique Junior, por exemplo, que é uma dobradinha caseira, pode angariar muitas intenções de votos por conta do eleitor timonense não querer votar em gente de fora.

Com isso, a solução caseira cairia muito bem para os dois jovens que estão brigando na disputa pelos votos em Timon.

Vai de Paulo Neto

O advogado Jeconias Morais, que disputa a eleição para deputado federal pelo Pros, definiu como companheiro de chapa o atual deputado estadual Paulo Neto, DEM.

Jeconias tem demonstrado força na conjunção de votos. Ele é um dos maiores articuladores da eleição do irmão vereador Juarez Morais (SD), que hipoteticamente, acredita-se, por fazer parte do grupo Leitoa, votará no advogado e no candidato a estadual dos Leitoas, o deputado Rafael Leitoa.

Se não estiver enganado!  

 

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.