Blog do RibinhaGeral

Trabalhadores em Educação escolhem nova diretoria do Sinterpum. A eleição será terça-feira

A atual diretoria quer continuar mandando na entidade com a chapa 1. Revezamento e alinhamento

Atual diretoria quer permanecer mandando

No próximo dia 4 de dezembro, das 08 às 20hs, os trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Timon irão às urnas para eleger a nova Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal para o Triênio 2018/2021, do Sindicato agrega ativos e inativos com cerca de 840 filiados estão aptos a votar.

De acordo com informações da comissão organizadora, serão disponibilizados dois locais de votação fixos um na Unidade Escolar Pedro Falcão Lopes e outro na Sede do Sinterpum, além de uma urna itinerante.

Duas chapas concorrem ao pleito. A chapa 1, representada pela atual diretoria, que vem se revezando no poder desde a fundação do sindicato e que tem atrelamento político com o atual sistema governante e quer se perpetuar mandando no sindicato; e a chapa 2, que tem propostas que foram deixadas de lado pela atual diretoria em detrimento de mais ganhos para a classe.

Para ter ideia de domínio territorial do sindicato pela atual diretoria, a Professora Norma reveza no cargo de presidente e vice, sempre majoritária, desde que o sindicato existe e as outras diretoras participam de um revezamento sempre ocupando cargos na diretoria anos após anos.

Chapa 2 tem propostas para novas conquistas

Quem for às urnas, tem contra a atual gestão a defesa de um percentual menor de aumento aos professores. Numa histórica votação na Câmara, o sindicato e, principalmente sua presidente Márcia Feitosa, se posicionou a favor de um aumento menor para a categoria que acabou sendo aprovado pela maioria dos vereadores ligados ao atual governo.

Um pouco do  histórico

O sindicato nasceu a partir de 2003, segundo seu histórico. Naquele ano, era prefeito da cidade o engenheiro Chico Leitoa e os professores da rede municipal que estavam com seus salários atrasados fizeram greve e começaram a se organizar.

No governo seguinte, da ex-prefeita Socorro Waquim, o sindicato conquistou a implantação do Estatuto do Magistério (2006) e o Piso Salarial (2007) (confira as informações), antes mesmo da efetivação do Piso Nacional dos Salários para os Professores,  que só se concretizou em julho de 2008 quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 11.738/08.

Locais de votações

A homologação das chapas ocorreu no dia 14 de Novembro e a campanha teve início dia 15. As votações ocorrerão com três urnas localizadas em pontos estratégicos: SEDE DO SINTERPUM – Rua Treze,1360 Parque Piauí; EMEF PEDRO FALCÃO LOPES – Rua Oito Parque Alvorada; URNA ITINERANTE – Passará pelo IPMT, Escolas do Centro, Bairro Santo Antonio, Mateusinho, Cidade Nova, entre outras. Foram inscritas e homologadas duas chapas, sendo a CHAPA 1 intitulada de “Chapa da Situação, composta por 10 membros da atual diretoria. E a CHAPA 2 intitulada de “Chapa da Oposição”. Confira abaixo a composição de cada uma.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

1 pensou em “Trabalhadores em Educação escolhem nova diretoria do Sinterpum. A eleição será terça-feira”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.