Blog do RibinhaGeral

Kaká vai se defender das perseguições do prefeito: “Mãe é mãe…”

Kaká do Frigosá: “Mãe é mãe…..”

Por mais que o prefeito Luciano Leitoa, de Timon, tente explicar o imbróglio criado por ele no episódio em que o vereador Kaká do Frigosá, de seu partido, o PSB, o acusa de perseguir a ele e sua mãe, uma senhora de 74 anos que é muito querida em Timon e em toda região da localidade 89 por relevantes serviços prestados, a própria comunidade não entende os motivos das investidas contra Dona Luci Sá.

Informações repassadas ao blogdoribinha por uma amiga da família e do vereador, afirmam que após a entrevista da última quarta-feira, 30, Kaká do Frigosá procurou a direção da emissora para se defender também das acusações feitas pelo prefeito Luciano Leitoa em que o apresentador do programa apresenta um vídeo afirmando que o vereador da tribuna “lança uma ameaça ao prefeito Luciano Leitoa”, no que o vereador refuta a propagação de seu discurso pelo prefeito como uma ameaça feita a ele.

Luciano Leitoa: “Vou me precaver…”

Após a exibição do vídeo, o prefeito voltou a tecer comentários sobre o episódio envolvendo a mãe do vereador, que segundo afirmações após assistir a entrevista disse que: “Mãe é mãe”, o prefeito não deveria mais tocar nesse tema, cada vez que ele fala de minha mãe, nos volta às lembranças das perseguições contra ela e isso não se faz, disse o vereador. Além do prefeito, o pai do prefeito Chico Leitoa também gravou entrevista para falar sobre o episódio envolvendo a mãe de Kaká e isso tem criado um clima de descontentamento na região em que ela mora e em toda cidade de Timon por conta da importância que tem a mãe do vereador, para ele, seus familiares e moradores de Timon.

O vereador, segundo essa amiga, também irá à TV se defender das acusações de que ele estaria ameaçando o prefeito.

Segundo Luciano Leitoa, durante a entrevista: “Conheço o pai dele há muito tempo, agora é lógico que, uma situação como essa, uma ameaça como essa do pai do vereador requer de mim os cuidados, tendo em vista que em 2013, quando assumi o mandato atiraram também no meu carro, você imagina a minha esposa, a minha mãe como é que ela ficou, e hoje todo mundo recebe por whatsapp e minha esposa disse: -“Luciano o que é isso aqui”-, minha filha se acalme isso foi só um momento do vereador. Mas de qualquer forma para poder me resguardar vou tomar todas as atitudes necessárias. Já falei com meus advogados espero que tenha sido apenas um momento do próprio vereador que é o Kaká do 89 que todo mundo conhece pelas vaquejadas, conheço também o pai dele e acredito foi muito mais um momento que estava lá sendo colocado pelos vereadores, inclusive, insuflado…disse o prefeito. (Veja a entrevista).

Veja essa reportagem também no blogdoribinha

 

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.