Blog do RibinhaGeral

Vereador do PSB oficializa apoio a Socorro e Edilázio em encontro político hoje, em Timon

O vereador pertencia à base de Luciano Leitoa, foi perseguido, rompeu e agora anuncia apoio a candidatos da oposição

Kaká do Frigosá foi eleito pela primeira vez com a maior votação
Vereador do PSB anuncia apoio a Socorro e Edilázio

Vereador mais bem votado em 2012, reeleito e confirmado pelos eleitores com a terceira maior votação em 2016, o empresário do ramo de comercialização da carnes, Kaká Frigosá realiza reunião política logo mais, às 19hs, em sua residência na Rua 4, casa 1113, na Vila Santa Angélica, para apresentar seu apoio aos nomes de Socorro Waquim e Edilázio Junior como os candidatos a deputado estadual e federal, respectivamente, nas eleições deste ano.

Tanto em sua primeira eleição como em sua reeleição o vereador Kaká do Frigosá vinha se mantendo na base do governo de Luciano Leitoa. Em seu primeiro mandato foi lutador intransigente por melhorias na zona urbana e rural, onde atua fortemente sua família. Chegou a fazer críticas ao projeto de cessão do sistema de abastecimento de água de abastecimento de água, mas apoiou a decisão do prefeito.

Em 2013, primeiro ano da gestão do aliado Luciano Leitoa, ele e sua família tiveram dificuldades, por falta de logística governamental, para realizar a tradicional Vaquejada do 89. Em 2018, decidiu junto com outros companheiros, formar uma chapa na Câmara para disputar a eleição da Mesa Diretora da Câmara para o biênio 2019/2020, o gesto político não agradou ao prefeito, mesmo que o candidato escolhido por Kaká, o vereador Helber Guimarães, pertencesse à base do prefeito.

A partir de sua decisão, Kaká do Frigosá e sua família passaram a ser perseguidos pela atual gestão com exoneração de seus parentes que há anos participavam das gestões municipais. A perseguição fez com que o vereador anunciasse o rompimento com o prefeito e seu grupo político.

 

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.