Blog do RibinhaGeral

Vereadora faz apelo pela aprovação de abono para categorias que estão trabalhando no combate ao cornavírus em Timon

O parecer ao projeto foi aprovado ontem, 7, pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara

A Câmara de Timon deverá analisar na próxima segunda-feira, 11, em sua pauta de discussão e votação, mais um importante projeto como medida de enfrentamento ao coronavírus para cidade.

A Comissão de Justiça da Casa, em análise ontem, 07, através de videoconferência, aprovou parecer do projeto de lei que autoriza a Prefeitura de Timon a criar um abono especial para as categorias que estão trabalhando na linha de frente no combate ao novo coronavírus, como os profissionais de Saúde, Guardas Municipais, Vigilância Sanitária e Limpeza Pública durante o tempo que durar o estado de calamidade pública.

O projeto de lei é de autoria da vereadora Professora Socorro Waquim (MDB), que tem dado uma contribuição significante e importante no auxílio e melhoria das medidas de enfrentamento ao contágio do coronavírus direcionadas para aqueles que ficam em casa, mas que agora se volta para a necessidade de ajudar aqueles que estão trabalhando, na linha de frente, correndo riscos para garantir o acesso à saúde da população timonense durante a pandemia.

“Quero exaltar a nossa preocupação, a preocupação dos vereadores, da câmara, com os seres humanos que estão na linha de frente do combate ao vírus, sejam médicos, enfermeiros, agentes de saúde, de endemias, profissionais da limpeza e coleta de lixo, que estão em contato e vulneráveis, suscetíveis ao contágio, pois enquanto as pessoas estão em casa, produzem mais lixo, a questão dos guardas municipais que estão na linha de frente das medidas para o isolamento social, manter distanciamento das pessoas que tem que sair, formam filas e aglomerações, por todos esses riscos, por isso nós estamos apresentando esse projeto de abono emergencial para todos eles e dentro do que o governo municipal deverá receber de verba do governo federal para definir as medidas”, disse a autora do projeto.

A Professora Socorro Waquim disse que Timon recebeu cerca de um milhão e 700 mil reais e deverá receber em torno de 14 milhões divididos em parcelas, portanto, mais do justo abonar emergencialmente esses verdadeiros heróis que estão na batalha pela vida e na prevenção e combate pela vida dos outros. Esse abono é para que eles possam se alimentar melhor, ter uma vitamina como base alimentar, se fortalecerem, tem a questão do transporte, do deslocamento com custos como mototáxi, táxi, uber e outros, e tudo isso trás despesa que não estavam em sua previsão orçamentária salarial, portanto, a matéria tem toda justificativa para ser aprovada e por isso faço um apelo aos demais vereadores, independente de oposição ou situação, para que esse projeto seja aprovado em prol desses profissionais, disse a vereadora.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.