Blog do RibinhaGeral

Vereadores de Timon intensificam em 2020 fiscalizações das licitações no Executivo

As comissões de Saúde e Educação acompanharam processos licitatórios das duas áreas

Os vereadores Raimundo da Ração, Juarez Morais e Socorro Waquim, de Timon, acompanharam hoje, 06, os processos em trâmite das primeiras licitações para a contratação de empresas a executar serviços e obras para o Executivo Municipal. O acompanhamento faz parte de cronograma de trabalho das Comissões de Educação e Saúde das quais os vereadores são membros e que foi também realizado em 2019 como forma de fiscalizar os processos licitatórios no sentido de inibir e evitar várias irregularidades apontadas por investigações na utilização dos recursos públicos, notadamente nas áreas da Saúde e Educação, onde existem um maior aporte de recursos e onde as irregularidades são mais evidentes.

De acordo com conversa mantida com o blogdoribinha, o vereador Raimundo da Ração disse que esse é um trabalho que deverá ser intensificado neste ano por conta do período eleitoral e também por ser o último ano de mandato do prefeito Luciano Leitoa para que não se caracteriza uma certa acomodação ou para que o seu sucessor não venha a ser prejudicado por conta de malversação de recursos públicos e por isso nós estamos mais atentos aos processo licitatórios, disse Ração.

A vereadora Professora Socorro explicou que hoje, 6, as comissões estavam acompanhando processos licitatórios nas áreas da aquisição da merenda escolar, através de processo de compra direta com os produtores e na área da Infraestrutura com obra de reforma de mercado público e que essa fiscalização atende diretamente a uma das prerrogativas principais e primordiais do Legislativo e de fiscalização todas as ações do executivo, enalteceu.

Já o vereador Juarez Morais, definiu como papel importante esse acompanhamento e fiscalização dos processos licitatórios, pois é dever dos vereadores buscar informações para evitar que empresas inidôneas participem e prejudiquem os processos assim como também evitar vícios e direcionamento das licitações para beneficiar pessoas ligadas à gestão, disse.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.