Teresina

Prefeitura suspende férias e licenças para aumentar quantidade de profissionais de saúde no combate ao Coronavírus

Esta medida consta no Decreto de nº19.542, assinado pelo prefeito Firmino Filho, e que entra em vigor nesta segunda-feira (23).

A Prefeitura de Teresina suspendeu férias e licenças dos servidores médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e psicólogos que atuam na Fundação Municipal de Saúde (FMS). O objetivo é garantir que o número máximo de profissionais de saúde esteja disponível para atendimento de casos suspeitos ou confirmados de Coronavírus. Esta medida consta no Decreto de nº19.542, assinado pelo prefeito Firmino Filho, e que entra em vigor nesta segunda-feira (23).

De acordo com o Decreto, estão suspensas as férias que estão em curso, as agendadas, assim como as novas solicitações enquanto durar o estado de calamidade. Quanto às licenças, estarão suspensas as em curso e as solicitações em fase de tramitação, incluindo licença para capacitação, para tratar de interesse particular, para estudo e curso de aperfeiçoamento.

Essa suspensão não é aplicável aos servidores com idade acima de 60 anos, gestantes e portadores de doenças crônicas que se enquadram no grupo de risco ao Coronavírus. “Nós estamos nos munindo de todas as estratégias no combate ao Covid-19, assegurando estrutura física e, garantindo, por meio de ações como essa, grande número de profissionais para atender quem precisa. Medida idêntica a esta foi tomada também em outras capitais”, ressalta o presidente da FMS, Manoel de Moura Neto.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.