GeralTeresina

Aplicativo Colab: SDU Sudeste solucionou cerca de 90% das demandas em 2019

Entre as solicitações mais comuns a de limpeza de ruas e retirada de entulho, bem como denúncias de terrenos baldios em condições inapropriadas, mato alto e estabelecimentos sem Alvará de Funcionamento.

Gestão pública colaborativa e eficiente é o principal objetivo do aplicativo Colab, utilizado pela Prefeitura de Teresina para receber solicitações e denúncias dos cidadãos. Em 2019, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sudeste apresentou cerca de 90% de resolutividade nas 340 demandas enviadas pelos moradores dos bairros da região, com o número de 304 ações de resposta.

A gestora do Colab na SDU Sudeste, Lorena Régia, explica como funciona o sistema. “O aplicativo é muito fácil de instalar, prático e funciona como uma ponte entre a Prefeitura e o cidadão. Assim que as demandas chegam, encaminhamos para os devidos setores responsáveis e em curto prazo a solicitação é atendida”, esclarece.

Entre as solicitações mais comuns a de limpeza de ruas e retirada de entulho, bem como denúncias de terrenos baldios em condições inapropriadas, mato alto e estabelecimentos sem Alvará de Funcionamento. Por meio do aplicativo, o usuário faz a descrição do problema, envia fotos e marca a localização exata para que a equipe responsável seja acionada.

Foi assim que a costureira Maria da Cruz conseguiu resolver o problema do entulho que havia nas proximidades de sua casa. “Uma amiga me falou do aplicativo e eu achei muito interessante. Tirei fotos do lixo que estava acumulado na minha rua, fiz a denúncia no Colab e, em pouco tempo, a equipe de limpeza veio resolver”, conta.

Para o superintendente da SDU Sudeste, Evandro Hidd, o aplicativo representa mais transparência e qualidade na gestão. “A cidade de Teresina é feita por quem nela mora. Através de ferramentas como o Colab, queremos despertar nos moradores o sentimento de pertencimento à cidade e incentivar atitudes colaborativas e de agentes transformadores”, finaliza.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.