Incentivo à redução de energia elétrica dá descontos na sua conta de luz

spot_img
Compartilhe:

Entenda como funciona o Programa de Incentivo à Redução Voluntária da Aneel.

O Brasil está passando por um período crítico de estiagem, registrando o pior regime de chuvas dos últimos 91 anos, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e para compensar o baixo nível dos reservatórios com a falta de chuvas, várias estratégias foram criadas. Uma delas foi lançada no último mês pelo Governo Federal: o Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica.

Com o objetivo de incentivar os consumidores a reduzirem o seu consumo de energia elétrica neste momento de escassez hídrica, visando aumentar a segurança do fornecimento de energia no Brasil, o programa criado pela Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (vinculada ao Ministério de Minas e Energia) entrou em vigor no mês de setembro e vai até dezembro deste ano.

Quem pode participar – Os consumidores aptos a receber o bônus são os de baixa tensão (grupo B) e os de média e alta tensão (grupo A), inclusos nas classes de consumo residencial, industrial, comércio, serviços e outras atividades, rural e serviço público, incluindo também os residenciais com benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE).

Para participar, os consumidores brasileiros – incluindo os clientes da Equatorial Maranhão – precisam reduzir pelo menos 10% do consumo de energia elétrica nos meses de setembro a dezembro de 2021 em comparação ao mesmo período de 2020. Vale destacar que não há necessidade de inscrição ou cadastro. O bônus será de 50 centavos a cada quilowatt-hora do total da energia economizado (desde que haja histórico de medição junto à distribuidora).

Dessa forma, se o consumidor economizar 100 quilowatt-hora, por exemplo, no somatório do consumo de setembro a dezembro comparado ao somatório do mesmo período do ano passado, terá direito a um crédito de R$ 50,00 na conta de luz. O bônus será aplicado para os montantes economizados entre 10% e 20% de energia. Assim, se o consumidor economizar mais de 20%, por exemplo, receberá o desconto limitado aos 20% economizados. O bônus será creditado na conta de luz de janeiro de 2022.

É importante destacar que os clientes que não estão aptos a participar do programa:

1. Àqueles que não possuam histórico de consumos medidos, que houve alteração de titularidade ou encerramento contratual no período compreendido entre o ciclo referente a setembro do ano passado e dezembro deste ano;

2. Clientes que tiveram alguma ocorrência de procedimento irregular nos referidos meses;

3. Os consumidores livres e especiais e os minigeradores/microgeradores distribuídos também não serão alvo deste programa de incentivo, além dos clientes atendidos por sistemas de atendimento individual (SIGFI e MIGDI);

4. Quem iniciou a relação contratual com a distribuidora posteriormente ao ciclo setembro de 2020 ou cujo faturamento do ciclo set/20 ou dez/20 tenha sido realizado por media, devido a impedimento do cliente.

A partir de 1º de novembro todos os clientes maranhenses, aptos a participar do programa, receberão a seguinte mensagem informativa na sua conta com a sua meta de consumo mensal para alcançar os critérios estipulados: “Informamos que sua conta contrato está apta a participar do programa de incentivo a redução de consumo conforme RES CREG nº 02, com meta de consumo mensal de até XXX kWh. Sua média de consumo apurado até out/21 é de XXX kWh.” (O valor do consumo mensal é preenchido de acordo com a situação de cada cliente).

Além disso, os clientes podem buscar no site da Equatorial Maranhão: www.equatorialenergia.com.br um simulador com a meta de consumo e as orientações sobre o Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica.

*Dicas de como economizar energia dentro de casa:*

Na hora de comprar um equipamento, verifique se ele possui o Selo Procel ou a Etiqueta A de eficiência energética do Inmetro. Essas são duas sinalizações de que o aparelho segue as recomendações de economia de energia, medida importante para evitar o desperdício. Outra boa dica é trocar as lâmpadas incandescentes por Led, que consomem até 90% menos que as incandescentes. Outro aparelho bastante importante é o ar condicionado. Atualmente existem modelos de condicionadores de ar com a tecnologia inverter, capaz de gerar uma economia de energia de até 60%.

Evite:
• Deixar aparelhos em modo stand-by;
• Colocar o celular para carregar a noite;
• Deixar lâmpadas acesas durante o dia ou em ambientes que não estão sendo utilizados;
• O “abre e fecha” da geladeira ao longo do dia.

*Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão*

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Cego em tiroteio: Weverton Rocha grava vídeo ao lado de Queiroga e inspirado na imagem de Bolsonaro

Preterido por Flávio Dino na eleição estadual, o senador Weverton gravou um vídeo com Marcelo Queiroga e com um quadro de Bolsonaro ao fundo O...

Câmara entrega título de cidadania ao empresário Ilson Mateus em cerimônia bastante prestigiada

A homenagem ao empresário foi proposta pelo vereador Uilma Resende, presidente da Casa, e foi aprovada por unanimidade por todos os parlamentares. Na noite da...

Socorro Waquim pontua trabalho de suas gestões nos empreendimentos que se instalam em Timon

Signatária do projeto de lei aprovado em 2019, que concedeu Titulo de Cidadão Timonense ao bilionário Ilson Mateus, dono do conglomerado de lojas Grupo...