GeralTimon

Juiz da Infância quer órgãos de proteção atuando no Ze Pereira de Timon contra a exploração de crianças

Campanha do MP alerta às pessoas para que não comprem de crianças.

As equipes da Proteção Social Especial (DPSE) e do Conselho Tutelar estiveram reunidos com o juiz da Vara da Infância e Juventude de Timon, Dr. Simeão Pereira, no Fórum da cidade, para discutir as estratégias que serão realizadas de prevenção da violação dos direitos da criança durante o Zé Pereira 2020.   O juiz convocou a reunião para unir forças com todos que fazem parte da rede e reforçar que participem da ação contra o trabalho e exploração infantil que será realizada no Zé Pereira. A Polícia Militar também esteve presente e será uma forte parceria. Outro ponto discutido foi uma capacitação para aqueles que serão voluntários na ação, que deverá ser realizada até o final dessa semana.   A atividade é uma iniciativa das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti), integrante da DPSE, e contará com a parceria de todos esses órgãos, inclusive o Ministério Público e Ministério Público do Trabalho. Tem o lema: “Eu não compro de Crianças. Eu não contrato crianças. Eu não aceito a exploração do trabalho infantil” e o propósito de alertar os foliões, barraqueiros e a sociedade em geral sobre a temática.   Os barraqueiros e comerciantes já foram sensibilizados e orientados antes da festa, em reunião. A intenção é que eles também façam parte da ação, para uma maior efetivação da campanha.

Comentar via FaceBook

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.