Blog do RibinhaGeral

Lixo, um dos grandes problemas das cidades e como agem os gestores para solucionar esse problema

Em Teresina, áreas que serviam para descarte irregular de lixo são transformadas em jardins. Timon aposta nas denúncias para acabar com o descarte irregular de lixo

Tempo de Leitura: 3 minutos

Prefeitura de Teresina rebate descarte irregular de lixo com plantio de árvores e flores

Imagine passar por uma calçada onde antes só havia lixo e agora há um belo canteiro de árvores! A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, em parceria com todas as Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs), está mudando a forma de combater o descarte irregular de lixo. Além de limpar os locais e promover ações de conscientização entre os moradores, também está sendo realizado o plantio de árvores.

A ideia surgiu de ações realizadas pela SAAD Sul, que têm apresentado resultados bastante significativos, que colaboram com a mudança de comportamento das pessoas na região, como explica o gerente de Serviços Urbanos, Islanilton Gomes.

“Iniciamos essas ações porque constatamos que não adianta somente limpar o local. Temos que tomar uma atitude também de educação ambiental e estamos fazendo isso por meio da urbanização, do plantio de árvores frutíferas, árvores que fazem sombra e ixórias”, diz o gerente.

Um dos pontos onde já foi realizada a revitalização fica ao lado da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Monte Castelo. “Estamos fazendo nesses locais verdadeiros ambientes de jardinagem para que as pessoas passem a ter mais zelo e consciência e para que saibam como manter esses pontos limpos”, frisa Islanilton.

O coordenador de Limpeza Pública da SEMDUH, Fabrício Amaral, afirma que essas ações serão implementadas em toda a cidade, reforçando as ações de conscientização que já estão sendo realizadas.

“Temos um intenso trabalho de conscientização sendo realizado, semanalmente, de porta em porta em vários pontos da cidade. Escolhemos locais onde há o frequente descarte irregular de lixo, fazemos a limpeza e conversamos com os moradores próximos por alguns dias. Também entregamos panfletos informativos, colocamos placas e aumentamos o monitoramento. Agora vamos plantar árvores, tudo para combater essa prática de jogar lixo em local proibido”, pontua o coordenador.

Fabrício enfatiza que essa ação, além de reduzir a disposição irregular de lixo e, consequentemente o gasto da Prefeitura, melhora o aspecto visual da cidade e gera mais conforto à população, uma vez que a vegetação torna a temperatura mais amena e dá sombra e frutos.

“Essa é uma ideia brilhante, que vamos ampliar para toda Teresina. Já temos tido resultados animadores em algumas ações de conscientização, como a do bairro Beira Rio, na zona sudeste. Mas, em alguns pontos, como no Mocambinho, mesmo com toda a conscientização que fizemos, a população continua jogando lixo. Estamos confiantes que esse tipo de atitude, de plantar árvores, vai solucionar pontos como esses”, finaliza o gestor.

Por mês, a Prefeitura de Teresina gasta mais de R$ 400 mil com o recolhimento de lixo jogado em local proibido. São 8,5 mil toneladas de lixo recolhidas mensalmente de ruas, praças e terrenos baldios.

“Isso é lamentável. Estamos fazendo tudo que está ao nosso alcance para mudar essa situação. Em um momento tão crítico da nossa economia, esses recursos poderiam ser melhor investido em outras áreas, como saúde e educação, se a população tivesse mais consciência”, comenta o secretário da SEMDUH, Edmilson Ferreira.

SLU desativou 24 pontos de lixo no mês de setembro e divulga canal de denúncias

A Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) continua realizando as ações do projeto Ponto Limpo em Timon. Somente no mês de setembro foram 24 focos de lixo desativados no município.

O superintendente da SLU, Carlos Zangirolami, explica que o projeto desativa pelo menos um foco de descarte irregular de resíduos sólidos por dia. Em setembro foram desativados pontos de lixo nos bairros Marimar, Novo Tempo, Parque Alvorada,Conjunto Boa Vista, Pedro Ceará, São Francisco, dentre outros. A ação continuará intensificada neste mês de outubro.

“Desde o início da gestão Dinair Veloso, temos prioridade em deixar Timon uma cidade limpa, desativando ponto de lixo onde as pessoas insistem em fazer descarte irregular de resíduos sólidos. A população contribui com a nossa fiscalização enviando fotos e vídeos de locais onde há despejo irregular delixo e nossas equipes vão até os pontos e fazem a limpeza”, conta

A SLU disponibiliza o WhatsApp 86 9 8886 -0153 para denúncias, envio de fotos, vídeos, informações sobre a placa do veículo e outros detalhes que auxiliam na identificação do infrator que pode ser multado, conforme previsto em lei. Também tem o telefone fixo 99 3212-2812. Cerca de 80% dos pontos são denunciados por meio dos canais digitais da SLU.

“Pedimos a parceria com a população. Além do mau cheiro, a prática traz danos ao Meio Ambiente, então é preciso que todos tenham consciência. Nossas ações seguirão intensificadas em outubro”, adianta Zangirolami.

As reportagens e as ações foram realizadas pelas referidas prefeituras citadas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.